Serviço Coronavírus: segunda fase de flexibilização da realização de eventos

Esta é a segunda fase da flexibilização de eventos no município, dentro do contexto de enfrentamento ao novo coronavírus e à Covid-19.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O decreto nº 1.320/20, do dia 10 de setembro, autorizou – a partir do dia 14.09, – a realização de eventos corporativos. Estão liberados congressos, convenções, seminários, workshops, simpósios, mesa redonda e feiras. Autorização é condicionada às regras previstas no próprio decreto, entre elas o respeito ao distanciamento mínimo de 1,5 metro, lotação máxima de 50% da capacidade, evitar aglomerações até mesmo na área externa, bem como a higienização do local do evento e disponibilização de álcool em gel 70%.

O texto ainda retifica o art. 14º do Decreto Municipal nº 1.229, de 20 de junho de 2020. A partir de agora, “os estabelecimentos cuja retomada das atividades foi autorizada poderão funcionar: I – de 8h30 às 17h30, se situados na Rua Teresa, Rua Aureliano Coutinho e adjacências; II – de 9h30 às 19h, se situados no Centro Histórico. § 1º – Bancos, supermercados e farmácias localizados em todo o território municipal poderão funcionar 24 (vinte e quatro) horas por dia, 07 (sete) dias por semana”. A regra não se aplica a estúdios de personal trainer com atendimento individualizado ou ainda aula individual de tênis e laboratórios de curso superior e técnico.

Esta é a segunda fase da flexibilização de eventos no município, dentro do contexto de enfrentamento ao novo coronavírus e à Covid-19. A previsão é de que outros eventos, de pequeno porte, retornem a partir de novembro. Uma nota técnica está sendo elaborada junto à Vigilância Sanitária para definir as regras de funcionamento desse segmento.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.