Serenata Imperial terá edição especial para comemorar 22 anos do projeto

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Serenata Imperial terá uma edição especial este mês para comemorar os 22 anos do projeto, que encanta petropolitanos e turistas. Na próxima quinta-feira (30.05), o grupo e convidados apresentarão um repertório variado – com salsa, bolero e samba -, a partir de 20h, no Palácio de Cristal. Criado para manter a tradição das serestas na cidade, o projeto, que tem entrada gratuita, conta com o apoio da prefeitura através do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) e da Turispetro.

“Será uma edição especial, com música para todos os gostos. Já temos grupos até de fora confirmados, como de Duque de Caxias e do Rio. O projeto completa 22 anos no dia 27 de maio e vamos comemorar a data na próxima quinta-feira”, explica o coordenador do projeto, Odi Flávio Simas.

Nesta edição especial, comemorativa, o projeto vai contar com a participação de um grupo de seresteiros de Matias Barbosa, em Minas Gerais, e ainda a cantora Cristiane Zappa. No repertório estão “A noite do meu bem”, de Dolores Duran; “A volta do Boêmio”, de Adelino Moreira; “Ave Maria no morro”, de Herivelto Martins; “Rosa de Maio”, de Custódio Mesquita/Evaldo Ruy; “As rosas não falam”, de Cartola, entre outros clássicos do cancioneiro popular.

“Iniciativas como essa preservam uma tradição cultural que faz parte da história de Petrópolis. É um projeto muito importante, que agrada tanto os moradores quanto os visitantes do município”, frisa o diretor-presidente do IMCE, Marcelo Florencio.

O projeto começou em maio de 1997. No início, os seresteiros não tinham local fixo, e chegaram a fazer apresentações em prédios históricos da cidade, como a Catedral São Pedro de Alcântara, Museu Imperial, Palácio Rio Negro, Câmara Municipal, entre outros. Em 1998 eles iniciaram as atividades no Palácio de Cristal. Hoje, o grupo já contabiliza apresentações também em outras cidades, como Nova Friburgo, Juiz de Fora, Rio de Janeiro, São Paulo, entre outras.

O objetivo do grupo é fomentar música de qualidade para o público e resgatar grandes nomes da MPB, levando alegria e “cantando o amor das mais lindas canções”, como dizem os integrantes do projeto. Logo ao chegar no Palácio, o público é recebido com um livreto com todas as canções que serão apresentadas para que as pessoas acompanhem e cantem junto com os músicos. 

Fonte: IMCE

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.