Jane de Araújo/Agência Senado

Senador pede que empresas não cortem água e luz da população

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) defendeu na sessão virtual desta sexta-feira (20), que as companhias que prestam serviço de fornecimento de água e luz nos estados suspendam o corte dos serviços para aqueles que venham a atrasar o pagamento de suas contas. Ele cobrou que as empresas adotem a iniciativa para oferecer condições de sobrevivência à população de baixa renda que, além dos efeitos da pandemia de coronavírus, sofrerá consequências com a crise econômica.

— As empresas estão, não apenas no meu estado de Roraima, mas no Brasil inteiro, fazendo o que é normal em tempos de normalidade. Mas não é justo que agora a população, seja ela de que escala social for, se veja sem água, que é a vida, e sem energia, que é a luz, para iluminar, inclusive, a esperança de cada um de nós — afirmou.

Chico Rodrigues disse ainda que para sair dessa situação de crise o Brasil precisa se unir. Vice-líder do governo no Senado, ele parabenizou as ações anunciadas do presidente Jair Bolsonaro e sua equipe ministerial, além de ressaltar a atuação dos profissionais de saúde em todo o país.

— Cada dia mais, eles merecem a nossa admiração e o nosso respeito. Temos que dar condições para eles, temos que dizer que o Brasil está irmanado, primeiro, em oração e, depois, na compreensão do seu valor, do seu valor profissional e do seu valor humano. Isso é fundamental — acrescentou.

Fonte: Agência Senado

Crédito da foto: Jane de Araújo/Agência Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também