Senado pode votar combate à desigualdade salarial entre homens e mulheres

O texto prevê multa para o empregador que pagar salários diferentes para a mesma função, em razão do gênero.

Está na pauta do Plenário do Senado desta terça-feira (16) projeto que tem como objetivo combater a desigualdade salarial entre homens e mulheres (PLC 130/2011).

Entre outras medidas, o texto prevê multa para o empregador que pagar salários diferentes para a mesma função, em razão do gênero.

Segundo o relator da matéria, senador Paulo Paim (PT-RS), a média do salário das mulheres na mesma função é quase 50% menor que o dos homens.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

Jornalistas e Senadores pedem volta do Conselho de Comunicação Social

Para eles, a discussão e análise desses temas no âmbito do Conselho de Comunicação Social seria uma sinalização positiva dos congressistas já que existem hoje quase 40 proposições em tramitação no Senado e na Câmara dos Deputados com foco em imprensa, acesso à informação, trabalho jornalístico e liberdade de expressão.