Foto: Divulgação

Semana da Inclusão da Pessoa com Deficiência: Petrópolis é a única cidade da Região Serrana a contar com uma academia totalmente acessível

A academia conta ainda com uma estagiária de Educação Física que se comunica por meio de Libras
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Quase 24% da população brasileira têm algum tipo de deficiência, seja visual, auditiva, motora, mental ou intelectual. Os dados do último Censo mostram que esse número corresponde a 45 milhões de pessoas no Brasil. Com a finalidade de sensibilizar a sociedade, promover a inclusão e vencer barreiras, foi criada a Semana da Inclusão da Pessoa com Deficiência, que acontece entre os dias 19 e 25 de setembro. O objetivo é promover ações, atividades e discussões sobre o tema em todo o país. Em Petrópolis, por exemplo, uma academia em Itaipava vem ganhando cada vez mais destaque em todo o Brasil por unir inclusão e atividade física.

“Tornar os ambientes inclusivos e que atendam às necessidades das pessoas com deficiência é um desafio. Mas é importante que consigamos cada vez mais incluir essas pessoas em todas as atividades e espaços”, comentou o empresário Anderson Bento, um dos administradores da academia Körper, que também é administrada por Michel Carneiro e Vinicius Carvalho.

A unidade da Körper, em Itaipava, é a única entre as cidades da Região Serrana do Rio de Janeiro totalmente acessível para o atendimento aos portadores de deficiência. A academia foi inaugurada em 2018 e conta com equipamentos especiais, corredores amplos, corrimões, piso específico, elevadores, estacionamento e banheiros para PcDs.

“Nosso objetivo foi melhorar a qualidade de vida e, por consequência, a saúde dessas pessoas, que sentem dificuldades em utilizar os aparelhos das academias convencionais, principalmente os cadeirantes. A nossa unidade em Itaipava tem uma estação voltada para a acessibilidade, auxiliando na inclusão e estimulando a prática de esportes e hábitos saudáveis”, ressaltou o empresário Michel Carneiro.

A academia conta ainda com uma estagiária de Educação Física, Thalita Dias de Souza, que se comunica por meio de Libras, garantindo um atendimento de qualidade ao público. “É de extrema importância que todos os ambientes esportivos sejam adaptados para receber todos os grupos da sociedade, incluindo as pessoas com deficiência. O esporte tem o poder de transformar vidas, todos precisam ter essa oportunidade e a opção de poder escolher estar ou não nesses lugares. Eu como profissional da área, penso que é nossa obrigação fazer dos ambientes esportivos o mais inclusivo possível, um ambiente que ofereça de verdade os valores do qual tanto falamos”, ressaltou Thalita.

A academia tem mais de 800 metros quadrados de espaço e salas com aparelhos de musculação, bike indoor, ginástica, dança, avaliação física e vestiário, além de elevadores e estacionamento amplo.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.