Selo Pet Friendly amplia a diversidade de estabelecimentos no RJ

Mais de mil estabelecimentos fluminenses já se declararam amigos dos animais desde o lançamento.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A aceitação do selo Pet Friendly já se expandiu por mais de mil estabelecimentos fluminenses. A diversidade de lugares que se declaram amigos dos animais vai do setor hoteleiro até loja de artigos de balé. Quem aderiu recentemente foi a bailarina Ana Botafogo que incluiu uma linha exclusiva específica para pets.

Segundo o secretário de Estado de Agricultura, Marcelo Queiroz, idealizador do selo e responsável pelas políticas públicas de proteção e bem-estar animal, o Pet Friendly cumpre um papel importante para a economia fluminense.

– Nosso objetivo é fazer com que os animais de estimação ganhem cada vez mais espaço para frequentar com qualidade junto com seus tutores. Estamos felizes com a dimensão que o selo tomou, o que só comprova a necessidade que as pessoas tinham de poder frequentar lugares privados com seus bichinhos – afirmou Queiroz.

Para a bailarina, o selo vai permitir um engajamento de sua loja em campanhas que beneficiam os animais.

– Ser Pet Friendly representa não só a oportunidade de abrir a loja para os bichinhos, mas também de abrir nossas redes sociais para campanhas relacionadas à adoção e valorização dos animais. Somos uma loja que vai além da marca. Sabemos o quanto esses amigos aliviam o stress do dia a dia da dança e da vida. E já que esses amiguinhos passarão a frequentar a nossa loja, pensamos em um mimo que agradasse os seus donos  – finalizou Ana Botafogo.

Adesão

Para obter mais informações sobre como conseguir o selo, basta entrar no site oficial da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e clicar em RJPet.

Fonte: Governo do Estado do Rio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.