A Seleção Brasileira de Hóquei em Patins Feminino está classificada para participar do Pan-Americano na Colômbia, mas corre o risco de não competir. A equipe, que não possui patrocinadores, passa por dificuldades financeiras, o que impede arcar com os custos da viagem.

O grupo, gerido pela Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação (CBHP), que representa o Brasil nas competições de hóquei em patins organizadas pela Confederação Sul-Americana de Patinagem (CSP) e pelo Comité Internacional de Hóquei em Patins (CIRH), é composta por meninas de Petrópolis, cidade localizada na Região Serrana do Estado do Rio. Elas treinam na Casa de Portugal de Petrópolis, no bairro Quitandinha.

Diante das dificuldades, Brígida Maia, uma das goleiras convocadas pelo técnico Ricardo Bouchardet, teve a ideia de criar uma “vaquinha” online, baseada em uma ação similar realizada pela equipe Rio Patinação que também foram à Colômbia disputar um campeonato de patinação artística. O objetivo é arrecadar pelo menos R$ 10 mil, o que limitará a ida de apenas as competidoras e o técnico. Os demais profissionais que compõem a equipe só poderão acompanhar as meninas se o valor superar esta meta.

Para fazer sua doação e ajudar a equipe à realizar o sonho de competir, clique aqui.

O campeonato ocorrerá entre os dias 4 e 10 de dezembro, e a equipe estuda viajar até o dia 1º do mesmo mês. é importante para a equipe realizar treinos na cidade sede (Bogotá) para ajudar na adaptação com a altitude.