A Seja Digital, entidade responsável por operacionalizar a migração do sinal de TV no Brasil, realiza, desta segunda-feira (29/10) a sexta-feira (02/11), um trabalho de mobilização porta em porta nos municípios de Angra dos Reis, Paraty e Mangaratiba. O objetivo é informar a população sobre o desligamento do sinal analógico de TV, além de auxiliar as famílias que têm direito aos kits gratuitos a realizar o agendamento, escolhendo o dia, horário e local para a retirada dos equipamentos. Os mobilizadores da entidade também auxiliarão a população que está encontrando dificuldades para instalar a antena digital e o conversor.

O desligamento do sinal analógico de TV acontecerá em 28 de novembro em 59 cidades do interior do Rio de Janeiro. Após essa data, só será possível assistir à programação da TV aberta pelo sinal digital.

 

Distribuição de kits gratuitos

Para saber se têm direito ao kit, os moradores do Interior do Rio de Janeiro devem ligar gratuitamente no 147 ou acessar o site sejadigital.com.br/kit, com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos, para verificar e agendar a retirada dos equipamentos em um dos pontos disponibilizados pela Seja Digital. Os kits contam com antena digital e conversor com controle remoto, que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Serviço

 

Mobilização de porta em porta no bairro Monsuaba (Angra dos Reis) e na Praia do Saco (Mangaratiba)

Dia: 29/10

Horário: 9 às 17 horas

 

Mobilização de porta em porta nos bairros Camorim Pequeno e Camorim Grande (Angra dos Reis) e em Muriqui (Mangaratiba)

Dia: 30/10

Horário: 9 às 17 horas

 

Mobilização de porta em porta nos bairros Parque Mambucaba (Angra dos Reis) e Muriqui (Mangaratiba)

Dia: 31/10

Horário: 9 às 17 horas

 

Mobilização de porta em porta nos bairros Muriqui (Mangaratiba) e Mangueira (Paraty)

Dia: 01/11

Horário: 9 às 17 horas

 

Mobilização de porta em porta nos bairros Muriqui (Mangaratiba) e Mangueira (Paraty)

Dia: 02/11

Horário: 9 às 17 horas


Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.