Guilherme Leporace / Agência O Globo

Sede do América Football Club vai a leilão na Tijuca

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A sede do America Football Club, na Tijuca, vai a leilão na próxima terça-feira, dia 25 de setembro. Esta é a segunda convocação para a venda da área, no valor de R$ 37,5 milhões. A primeira convocação, que tinha preço inicial de R$ 75 milhões, não teve interessados.

O pregão eletrônico e presencial será conduzido pelo leiloeiro Fabiano Ayupp, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho, no Centro do Rio.

A decisão da venda é assinada pela juíza Maria Helena Motta, da 81ª Vara do Trabalho. A venda da sede foi motivada por uma ação trabalhista no valor de R$ 44.400. O imóvel não conta com dívidas de condomínios, de taxas ou de IPTU.

Outros momentos da crise do clube
Distante da elite do futebol carioca desde 2011, o América tentou por algumas vezes salvar a sede do clube localizado na Rua Campos Sales, na Tijuca. Por meio de uma tentativa de pareceria com a iniciativa privada, a diretoria pensou em derrubar a estrutura atual e erguer uma moderna sede no lugar. Foi cogitada inclusive a construção de um shopping ou um centro comercial na esperança de livrar o clube das dívidas.

Esta proposta se assemelhava ao que ocorreu com o seu antigo Estádio Wolney Braune (comprado do Andarahy Athletico Club, em 1961 e inaugurado seis anos depois), vendido para a iniciativa privada em 1993. Localizado na esquina das ruas Teodoro da Silva e Barão de São Francisco, o Iguatemi, na época, e hoje Boulevard Rio Shopping, é fruto desta negociação que rendeu ao clube a construção de uma nova praça esportiva em Mesquita, na Baixada Fluminense.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.