Para celebrar as festas de fim de ano com boa música, a Secretaria Municipal de Cultura convida a todos para conferir, no dia 16 de dezembro, a apresentação gratuita de mais de 40 corais por toda a cidade em espaços culturais como todas as Casas de Cultura, centros culturais e algumas bibliotecas.

Pensando na importância que as canções que marcam a época de fim de ano têm na vida das pessoas, a Secretaria Municipal de Cultura realiza a maratona de apresentações intitulada Corais da Cidade. A ideia é dar um panorama de diversos corais que trazem propostas muito distintas partindo da temática de fim de ano. Do repertório operístico como a ária Va Pensiero, coro do povo hebreu de Nabucco, ópera escrita por Giuseppe Verdi até temas mais populares como Noite Feliz, versão em português de Silent Night, haverá programação para os gostos e estilos musicais.

“Quando abrimos esse chamamento público para receber propostas de corais com temática de fim de ano não tínhamos ideia do tamanho da diversidade de grupos que existem: indígenas, música latino-americana, os tradicionais, entre outros. Ficamos muito contentes com o resultado, já que é uma programação inédita da SMC para esta época do ano”, aponta do secretário André Sturm.

Confira abaixo alguns destaques do programa:

TROVADORES NOEIS
O Centro Cultural Tendal da Lapa será o espaço onde quatro Papais Noeis vão soltar a voz às 18h30. Oriundos do tradicional grupo de músicas de época Trovadores Urbanos, o quarteto dirigido por Lucila Novaes interpretará 15 canções do repertório nacional e internacional como Bate o Sino, Adeste Fidelis e Jingle Bell Rock, esta última, ganhou muitas versões desde a sua composição inicial, em 1957, tendo sido interpretada por cantores como Billy Idol.

CORAL INDÍGENA GUARANI AMBA VERÁ
Você sabia que existe uma aldeia indígena na cidade de São Paulo? E, mais interessante ainda, que esta aldeia possui um coral?
Quem quiser ver de perto o talento dos 13 integrantes da Aldeia Indígena Tenondé Porã, de Etnia Guarani Mbya, basta ir até a Biblioteca Clarice Lispector, às 11h.
Além de canções tradicionais, acompanhadas por violão, rabeca e chocalho, os indígenas apresentam dança e jogos, e ao final da apresentação, convidam o público a aprender alguns passos e dançar junto com eles. No repertório, haverá canções que fazem referência à fé da tribo como Nhaneramoi Î Teode Guai (Nosso Líder Espiritual).

CORAL CCLGBTB
Com regência do Maestro Ettore Veríssimo, o coro da Câmara de Comércio Lésbica, Gay, Bissexual e Transgênera Brasileira se apresenta na Casa de Cultura de São Mateus, às 20h, com temas como Hallelujah, de Leonard Cohen, cantor e compositor canadense, cuja música, lançada em 1984, é considerada uma das mais icônicas de todos os tempos. O repertório também contará com Tempos de Amor, tradução de Season of Love, do musical Rent. A canção faz referência a uma retrospectiva pessoal do ano, por este motivo, foi eleita para compor o repertório. Temas nacionais como Encontros e Despedidas, de Milton Nascimento, música conhecida na voz da cantora Maria Rita, completam a lista.

ACATUM
O Grupo de Improvisação com Sinais também é marcado pela diversidade cultural de seus integrantes, que veem de diversas partes do mundo. Argentina, Uruguai, Chile e Brasil são as nações que formam esse conjunto com 10 vozes. Fernando Barba, do grupo Barbatuques, desenvolveu as técnicas de percussão corporal enquanto Santiago Vazquez ficou responsável pelo sistema de sinais. O resultado é uma apresentação enérgica que acontecerá na Biblioteca Gilberto Freyre, às 11h.

Com a proposta de cria rum clima de “celebração da vida”, o grupo levará à apresentação instrumentos como guizos e chocalhos e definirá o repertório na hora da apresentação, pois sua marca registrada é a espontaneidade.

NATAL NO CENTRO
Coordenado por Jorge Durães, o grupo com 21 integrantes já se apresentou em diversos espaços da cidade, de Igrejas ao Palácio da Justiça, privilegiando sempre a localização central. Desta vez, eles se apresentam no Centro Cultural Olido, às 11h. O programa da apresentação passeia por muitas referências como Lonesome Valley e a ária Va Pensiero, da ópera Nabucco.

ACREDITAR – SEGUINDO EM FRENTE
Se você gosta de MPB, seu lugar será no Centro de Culturas Negras do Jabaquara. O Coral Acreditar – Seguindo em Frente apresenta, às 10h, canções que tem na positividade sem ponto de convergência. Com direção artística de Beto Marden e musical de Bruno Oliveira, o conjunto musical composto de 15 vozes interpreta É preciso saber viver, de Roberto e Erasmo Carlos e também temas atuais que fizeram muito sucesso nas redes como a canção Trem Bala de Ana Vilela.

Confira a agenda completa:

Casa de Cultura Brasilândia
20h Opera Singers

Casa de Cultura Butantã
17h Coral Grupo Cultura e Vida na 3ª Idade

Casa de Cultura Campo Limpo
15h Coro estadual de São Paulo

Casa de Cultura Freguesia do Ó
20h Coral Amigos de Casalbuono

Casa de Cultura Guaianases
16h Um Natal para todos

Casa de Cultura Hip Hop Leste
16h Emanuel

Casa de Cultura Hip Hop Sul
20h Grupo Madrigueiros

Casa de Cultura Ipiranga
11h30 Natal Soul Luz

Casa de Cultura M’Boi Mirim
19h O Natal Canta

Casa de Cultura Raul Seixas
16h Cantata de natal – Coral 4Seasons

Casa de Cultura Santo Amaro
20h Coro da Diocese de Sto Amaro – VAMOS CANTAR O NATAL

Casa de Cultura São Mateus
20h Coral CCLGBTB por Maestro Ettore Verissimo

Casa de Cultura São Miguel
18h Sambaranda – Um Natal Meio Christmas

Casa de Cultura São Rafael
13h Natal Latino

Casa de Cultura Tremembé
16h Natal Tropical

Centro Cultural Cid. Tiradentes
15h Coro dos Sonhos

Centro Cultural CCJ
10h ORQUESTRA DE SINOS DA UNASP

Centro Cultural Penha
11h Coral Woldemar Goetz – Cantata de Natal

Centro Cultural Olido
11h Natal no Centro

Centro Cultural Jabaquara
10h ACREDITAR – SEGUINDO EM FRENTE

Centro Cultural Grajaú
18h Música Coral a cappella sobre o Natal

Centro Cultural Vila Formosa
18h Harmônicos Celebração de Natal

Centro Cultural Santo Amaro
15h Grupo Vocal “Trato No Tom”

Tendal da Lapa
18h30 Trovadores Noéis

Biblioteca José Mauro de Vasconcelos
14h Natal para todos

Biblioteca Gilberto Freyre
11h ACATUM

Biblioteca Clarice Lispector
11h Coral Indígena Guarani Amba Verá

Biblioteca Prestes Maia (Centro Cultural Sto. Amaro)
11h Coral Indígena Guarani Ara Ovy

 

Fonte: Prefeitura de São Paulo | Foto: Mayra Salsa