Os atendimentos para autorização de exames, procedimentos e cirurgias eletivas da Secretaria de Saúde estão funcionando desde o dia 28 de fevereiro no Centro da cidade. O serviço que antes era realizado no Centro Administrativo da Prefeitura, na Avenida Barão do Rio Brando, passou para a Rua Dom Pedro I, nº 214, melhorando o acesso e promovendo mais conforto aos pacientes que necessitam de atendimentos pelo SUS. A Central de Regulação realiza em média 130 atendimentos ao mês e no local ainda é possível fazer o cartão do SUS, de segunda a sexta-feira de 8 às 16h.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, reforça que o serviço de solicitação de cópia de prontuários, visita do programa Melhor em Casa e aquisição de material ortopédico e de locomoção – cadeiras de rodas, próteses e órteses, continuam sendo realizados junto à Secretaria de Saúde no setor de Protocolos, assim como a solicitação de transporte para realização de consultas e exames fora do município. Ambos setores com atendimento na Avenida Barão do Rio Branco de 8 às 16h.

“Nós iremos reforçar junto às unidades de Saúde essa divulgação, pois ainda há pessoas que confundem os serviços prestados no complexo regulador com os da Secretaria de Saúde. Por hora esses serviços continuarão sendo oferecidos na secretaria, mas a maior parte do atendimento é de autorização de exames, consultas e procedimentos e por conta disso viabilizamos a transferência para o centro da cidade”, avalia Silmar Fortes.

O complexo regulador engloba, ainda, a Central de regulação de leitos e internação que não possuem atendimento ao público. O serviço de agendamento de cirurgias, transferências e internações são processos realizados junto aos hospitais do SUS ou credenciados ao município.

“O complexo regulador é uma conquista muito importante para o nosso município pois conseguimos reunir no mesmo espaço todas as centrais o que otimiza o nosso trabalho e com isso melhoramos nosso atendimento. Nós ainda protocolamos junto ao Ministério da Saúde o projeto para receber recursos federais de manutenção do complexo e neste momento de crise e austeridade, nós poderemos investir em outras áreas da saúde”, afirma o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

Serviços oferecidos ao público pela Central de Regulação:
A população deverá buscar atendimento na Central de Regulação para agendar exames que não constam na tabela SUS, como exemplo os exames com contraste, além das consultas com especialistas em outras cidades, como as realizadas no INCA para avaliação oncológicas, Instituto do Cérebro do Rio de Janeiro ou Oftalmológicos que possuem regulação do Estado. O mesmo acontece para os procedimentos e tratamentos com as radioterapias e quimioterapias. Nestes casos, a população deve levar cópia dos documentos pessoais, cartão do SUS, comprovante de residência e a guia de pedido médico.

Grande parte dos exames e consultas na rede SUS já é agendada pelo PSF ou UBS do bairro. Nas unidades, a população pode realizar os exames laboratoriais, preventivos e já ter a consulta com especialista ou exames de imagens – mamografias, ultrassom, raio-x, agendados pelo próprio posto.

“O paciente já sai do atendimento no posto ou unidade básica com o exame marcado ou encaminhamento para algum especialista. E esse paciente pode acionar o próprio posto para saber o andamento do agendamento, pois alguns exames a unidade faz o contato direto com o paciente informando a marcação. Estamos reforçando o acolhimento dos pacientes que precisam protocolar os exames ou consultas junto a central, uma vez que as cirurgias e internações é realizado entre as unidades hospitalares através da central de leitos”, explica o secretário de saúde, Silmar Fortes.

População aprova o serviço em novo local
O aposentado Etienne Luiz Duprez Junior é morador da Castelânea e aprovou a instalação da Central de Regulação no novo endereço.

“Eu sai da clínica já com o papel informando que o agendamento da minha cirurgia da catarata está sendo feito no centro da cidade. Isso é muito bom e achei o lugar também está mais confortável e arejado, a gente aguarda um pouco o atendimento, mas é sempre com resolutividade”, afirma.

A modelista Rosana Garcia da Rosa é moradora do Vale do Carangola e costuma ir frequentemente à Central de Regulação para autorizar exames e também aprovou o novo endereço.

“Eu achei a mudança muito boa pois mesmo morando no Carangola eu sempre tenho coisas para fazer no Centro da cidade então foi ótimo. Para quem dependia de ônibus também melhorou, pois nem todo mundo tinha condições de pagar duas passagens e fora o trajeto para andar a pé para pegar o ônibus de volta. Então eu acho que foi muito positiva a mudança”, avalia a modelista.

No local também é possível fazer o cartão do SUS, ou retirar a segunda via do documento. O cartão é fornecido gratuitamente, mediante a apresentação do RG, CPF, Certidão de nascimento ou casamento. O cartão do SUS facilita a marcação de consultas e exames e garante acesso a medicamentos gratuitos.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Divulgação / Ascom PMP