Reprodução da internet

Secretaria de Saúde diz que não tem nenhum caso suspeito de coronavírus em Petrópolis Uma família com relato de viagem à Itália deu entrada na UPA Centro na última quinta-feira (27), dois deles com sintomas respiratórios.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um homem, que chegou de viagem recente da França, teria dado entrada no Hospital Santa Teresa (HST) com um quadro viral, semelhante ao causado por coronavirus. O paciente já recebeu alta, pois passou por exames e está bem. Ele ficará em quarentena em casa, conforme orientação médica.

Segundo o HST, a Vigilância Epidemiológica do município foi notificada e todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas. O hospital aguarda o resultado laboratorial do COVID-19.

Nesta sexta-feira a Secretaria de Saúde informou que não há nenhum caso suspeito no município, mas não informou sobre o caso atendido no HST.

Petrópolis, até o momento, não tem nenhum caso suspeito de coronavírus. Uma família com relato de viagem à Itália deu entrada na UPA Centro na última quinta-feira (27), dois deles com sintomas respiratórios. A Vigilância em Saúde fez contato com a Secretaria de Estado de Saúde que não considerou os sintomas suficientes para a classificação como coronavírus. Foram recolhidas amostras para exames para Influenza nos dois pacientes, que estão em casa sob monitoramento da Secretaria de Saúde. Um quarto paciente atendido em um hospital privado do município também apresentou quadro gripal, mas apesar de ter feito viagem ao exterior, não esteve em país onde há registro de transmissão da doença. O caso também foi descartado como suspeito. Também foi colhido material para exame para Influenza, doença que também faz parte dos agravos monitorados pela Vigilância em Saúde. O paciente também não apresenta gravidade”, diz a Secretaria de Saúde.

A Secretaria de Saúde esclareceu nesta sexta-feira que o Plano de Contingência ao Coronavírus já foi elaborado e prevê medidas de prevenção. A partir da próxima semana irá funcionar uma unidade centralizada para pacientes suspeitos da doença.

O Plano de Contingência ao Coronavírus de Petrópolis já foi elaborado pela Secretaria de Saúde. O documento prevê as ações a serem tomadas desde medidas de orientação para a prevenção até o atendimento. Por determinação do prefeito Bernardo Rossi, a partir da próxima semana, entra em funcionamento a unidade centralizada de atendimento aos pacientes com suspeita de coronavírus. O telefone 192 do SAMU poderá ser acessado para dúvidas de pacientes com suspeita da doença”.

A unidade será montada no estacionamento do Centro de Especialidades Maria Célia Machado, que fica ao lado da UPA Centro e funcionará durante 24 horas com equipe médica. O protocolo do Ministério da Saúde aponta que são considerados casos suspeitos de coronavírus os pacientes que apresentem febre, tosse, dores no corpo, secreção nasal e histórico de viagem aos países onde já foram registrados casos de transmissão da doença entre pessoas”, complementa a Secretaria.

O prefeito Bernardo Rossi explicou que a nova unidade seguirá exemplo da criada em 2018 para conter o surto de conjuntivite.

Essa é uma preocupação nossa em caso de termos pacientes suspeitos de coronavírus em Petrópolis para que não fiquem no mesmo ambiente das demais pessoas que buscam as unidades de urgências para outras enfermidades. Por isso vamos montar esta unidade, a exemplo do que fizemos em 2018, quando tivemos os casos de conjutivite. Estamos atuando preventivamente com o objetivo de conter o vírus caso venha a surgir casos em nosso município”, explicou o prefeito.

Crédito da foto: Reprodução da internet

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.