© Tomaz Silva/Agência Brasil

Secretaria de Cultura inicia pagamento de dois editais com recursos da Lei Aldir Blanc

São 156 beneficiados, somando um investimento de aproximadamente R$ 9 milhões
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa iniciou, nesta sexta-feira (18), o pagamento de dois editais com recursos da Lei Aldir Blanc. No total, o Juntos pelo Circo RJ e Cultura Viva RJ contemplam 156 beneficiados, com um investimento de cerca de R$ 9 milhões. Os outros quatro editais – Passaporte Cultural RJ, Retomada Cultural RJ, Fomenta Festival RJ e Cultura Presente RJ – serão pagos nos próximos dias.  

– Avançamos mais alguns passos para garantir o apoio aos fazedores de cultura do nosso estado. Todos os seis editais foram feitos após diálogo com a classe artística para garantir que o auxílio atendesse aos anseios dos profissionais. Começamos com esses dois pagamentos e, o mais rápido possível, vamos avançando – disse a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros.  

O Cultura Viva RJ contempla 139 pontos de cultura de 37 municípios. Os espaços receberão R$ 60 mil do Governo do Estado, através dos recursos da Lei Aldir Blanc. O investimento total será de mais de R$ 8 milhões. O edital Juntos pelo Circo RJ premiou 17 circos itinerantes de lona, com R$ 60 mil para cada um, com investimento que superou R$ 1 milhão.

– Somos uma família de cinco gerações de artistas de circo. E é a primeira vez que todos os circos foram contemplados. O que emociona é que estou vendo algo que nunca vi. Não é só dar dinheiro para a lona. Nosso trabalho é zelar pela alegria do próximo. Ficamos com mais energia quando vemos o Estado com a preocupação com a nossa classe. Vamos trabalhar de maneira responsável – afirmou Jonathan Cericola, líder do Circo Teatro Saltimbambo.

Investimento superior a R$ 100 milhões

Depois de um remanejamento dos recursos da Lei Aldir Blanc, ficou definido um investimento de mais de R$ 100 milhões em projetos culturais, aumentando em 40% o total de vagas disponíveis nos seis editais lançados. Com a reprogramação, as vagas nos editais da lei federal no estado passaram para 2.792, com acréscimo de 1.123 novos projetos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.