Rio tem 87% dos leitos públicos para UTI de Covid-19 ocupados

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde do Rio, SMS, hoje, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo, UTI, para covid-19 pelo Sistema Único de Saúde, SUS, chegou a 87%. Este índice inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais no município do Rio de Janeiro. Já os leitos de enfermaria apresentam um percentual de 70% ocupados.

Conforme noticiado pelo DIARIO do RIO em 19/11, a SMS do Rio aumentou de 251 para 271 a quantidade de leitos de UTI para pacientes detectados com o coronavirus. Portanto, a rede municipal de saúde possui ao todo, no momento, 901 leitos para Covid-19 para atender a toda a cidade.

No ultimo domingo (22/10), a taxa de ocupação de leitos de UTI chegou a 92% e os leitos de enfermaria a 69%, ambos também do SUS. O percentual registrado foi o maior desde 12/06.

Os 20 leitos de UTI abertos estão localizado no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla. O aumento do número de unidades intensivas pretende suprir os 30 leitos fechados no Hospital Federal de Bonsucesso, após o incêndio ocorrido em 27/10.

O aumento do número de casos ocorre meses após a flexibilização das medidas de isolamento social. Em matéria publicado pelo Jornal O Globo, em 22/11, foi noticiado que diversos eventos lotados aconteceram durante final de semana na cidade.

A SMS ressalta que o único hospital de campanha sob gestão da Prefeitura, Hospital de Campanha da prefeitura, no Riocentro, permanece aberto e com capacidade para ampliação com a abertura de novos leitos se necessário.

O último boletim do governo do estado revela que até o dia 22/11 foram registrados em todo o estado do Rio 21.974 óbitos e 338.206 casos da doença. Só na capital, onde encontra-se o maior índice, são 131.241 casos de Covid-19 e 12.935 óbitos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também