Rio pode ter programa de prevenção do Transtorno de Boderline O Governo do Estado deverá promover avaliações médicas periódicas, realizar exames clínicos e psicológicos assim como campanhas anuais de orientação, prevenção e tratamento.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Programa de Prevenção do Transtorno de Personalidade Boderline (TPB) poderá ser instituído no Estado do Rio. É o que propõe o projeto de lei 290/19, do deputado Dr. Deodalto (DEM), que foi aprovado, em segunda discussão, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (20/02). A proposta seguirá para o governador Wilson Witzel, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar.

O Governo do Estado deverá promover avaliações médicas periódicas, realizar exames clínicos e psicológicos assim como campanhas anuais de orientação, prevenção e tratamento. “É importante que as pessoas com o transtorno e seus entes queridos sejam pacientes e recebam suporte apropriado durante o tratamento, pois pessoas com TPB podem se recuperar”, justificou o autor.

O transtorno é marcado por um comportamento de impulsividade e instabilidade emocional, o que afeta as relações que mantém com os demais e também a imagem que tem de si mesmo.

Fonte: Alerj

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.