Rio pode ganhar cassino de luxo caso ocorra legalização dos jogos de azar no país

O tema está em pauta no Congresso Nacional, tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado Federal.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Visando o reaquecimento da economia, o Brasil poderá ter o retorno dos cassinos. O tema está em pauta no Congresso Nacional, tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado Federal.

A legalização da referida modalidade de jogatina, proibida no país desde 1946, pode beneficiar a capital fluminense. De olho na possibilidade do retorno dos jogos de azar, empresários já criaram um projeto de cassino interligado a um resort de luxo na Zona Portuária, parte da região central da cidade.

A proibição dos jogos de azar no Brasil foi estabelecida por força do decreto-lei 9 215, de 30 de abril de 1946, assinado pelo presidente Eurico Gaspar Dutra sob o argumento de que o jogo é degradante para o ser humano.

E o interesse pelas casas é tão grande que alguns grupos internacionais já chegaram a divulgar estimativas de que, em apenas um empreendimento desse tipo, por exemplo, poderiam investir aproximadamente 10 bilhões de dólares.

A maior resistência pela aprovação da volta dos cassinos está nas bancadas religiosas no Congresso Nacional, mas tanto o presidente da Câmara, Arthur Lira, quanto o do Senado, Rodrigo Pacheco, já estão em conversas com investidores para tentar, finalmente, voltar a legalizar a atividade.

De acordo com especialistas, o retorno dos cassinos ao Brasil, além de reaquecer a economia do país, beneficiaria o turismo, atraindo bastante turistas de outros países sul-americanos. Nossos vizinhos, Argentina, Bolívia, Colômbia, Paraguai, Uruguai e Venezuela, a modalidade é liberada.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.