Créditos: Divulgação

Rio de Janeiro | Quatro pessoas são presas em ação contra quadrilha de pirâmide financeira

O principal articulador da organização foi localizado em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Policiais civis da Delegacia do Consumidor (Decon) e da Delegacia de Defraudações (DDEF) realizaram, nesta segunda-feira (04), uma operação contra um grupo criminoso que vendia criptomoedas e prometia ganhos financeiros com retorno de até 30% dos investimentos das vítimas. O principal articulador da organização foi localizado em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

A ação ocorreu após autorização judicial e diligências investigativas realizadas pela Decon e com base no Relatório de Inteligência Financeira (RIF). O preso é proprietário de uma empresa de consultoria. Mais três pessoas também foram detidas na operação, e outros investigados foram conduzidos até a delegacia para averiguação.

Nos diversos endereços onde foram cumpridos os mandados, os agentes encontraram farta documentação, anotações e comprovantes de movimentações bancárias de milhões de reais, além de celulares, computadores e carros de luxo. As investigações relacionadas a este crime prosseguirão para identificar toda a complexa cadeia de processos fraudulentos para obtenção de ganhos ilícitos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.