As areias da Praia do Forte e o Espaço de Eventos de Tamoios serviram de palco para um show de luzes, cores e emoção na chegada de 2018 em Cabo Frio. Mais de 500 mil pessoas participaram da maior festa de Réveillon do interior do Rio, tanto na terra quanto no mar. Somente em Tamoios foram cerca de 30 mil pessoas prestigiando os shows musicais e a queima de fogos. 

Na Praia do Forte, quatro balsas com três toneladas de fogos, garantiram o show pirotécnico que teve duração de 15 minutos e levou o público ao delírio. Antes e depois da queima de fogos, o palco montado próximo à Praça dos Quiosques recebeu cantores locais que garantiram a alegria de moradores, visitantes e turistas. Toda a festa foi promovida através de parceria público x privada. 

No palco a música ficou por conta do pagode do Grupo Nova Raiz, que começou a agitar o público pouco depois das 22h. Já o cantor Léo Parazi embalou a festa com muito sertanejo universitário após a queima-de-fogos. Nesta segunda-feira (1) a festa continua no palco da Praia do Forte, a partir das 20h, com shows gospel.

Moradora de Niterói, Raíssa Cury passou a virada de ano em Cabo Frio pela primeira vez, e contou que voltaria à cidade mais vezes. “A queima de fogos foi maravilhosa. Estava tudo lindo e agradável. Apesar do grande número de pessoas não vi confusão. Tudo estava muito bem ordenado. Voltaria muitas outras vezes”, disse. 

Pedro Pompeo, também de Niterói, disse que já passou o Réveillon outras vezes na cidade, mas afirmou que desta vez foi especial. “As pessoas estavam muito felizes, e vi uma queima de fogos que já não via aqui há muito tempo. Meus filhos amaram. Foi tudo muito tranquilo”, disse.

Além do público na Praia do Forte, os três mil tripulantes do navio MSC Música também acompanharam o show de fogos cabo-friense. O navio ancorou na Praia do Forte neste domingo (31) com turistas argentinos, alemães e americanos, além de brasileiros. 

Em Tamoios cerca de 30 mil pessoas marcaram presença no Espaço de Eventos para dar as boas vindas a 2018. O DJ Yago Gomes abriu a festa e não deixou ninguém parado. Antes da virada ainda teve o grupo Sambalouco e após a queima de fogos foi a vez do grupo de pagode Sociedade do Samba cantar grandes clássicos, principalmente dos anos de 1990 e 2000. 

O show pirotécnico durou cerca de 10 minutos e coloriu o céu do segundo distrito, que estava parcialmente nublado, mas não atrapalhou a festa, promovida pela iniciativa privada com apoio da Prefeitura. Os shows começaram no último dia 29 e seguem nesta segunda-feira (1) com os grupos Korda Solta, Pique Novo e a cantora Bia Socek. 

Segundo a Polícia Militar, a festa em comemoração à chegada de 2018 foi tranquila, em Cabo Frio, sem registro de ocorrências graves. A segurança contou com a Central de Operações na Praça da Cidadania, onde funcionou um posto da PM, dos bombeiros, da Ordem Pública, da Fiscalização de Posturas, do Conselho Tutelar e um posto médico. Três UTIs móveis fizeram o reforço na área de saúde na Praça da Cidadania e uma na Avenida do Contorno, próximo à Duna Preta.

Fonte: Prefeitura de Cabo Frio

Crédito da foto: Marcos Homem