Rede hoteleira e restaurantes voltam a operar com capacidade total em Petrópolis

É alta a expectativa para ocupação da rede hoteleira de Petrópolis para os próximos feriados
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com 88% de maiores de 12 anos vacinados com a primeira dose do imunizante contra a covid -19 e com 58% deste público alvo já com a segunda dose, Petrópolis avançou na flexibilização das atividades, incluindo a recepção turística. O polo gastronômico da cidade, terceiro maior do país e a rede hoteleira com 118 meios de hospedagem agora podem operar com capacidade máxima. As novas regras foram determinadas pela Prefeitura em decreto publicado dia 19 que manteve, no entanto, regras sanitárias como uso de máscaras e álcool em gel e recomendou a manutenção de protocolos de segurança a estes estabelecimentos como distanciamento e permanente higienização de objetos e equipamentos.

Petrópolis é um das cidades mais procuradas no país pelos turistas neste período e um dos 22 destinos sanitariamente seguros já apontados pelo Ministério do Turismo no início do ano quando a pandemia ainda empunha momentos mais restritivos. O setor, após lockdown e retorno com 30%, 50% e 70% da capacidade operando sequencialmente de acordo com os índices de avaliação da pandemia, agora volta à plenitude. A expectativa é de que com a nova flexibilização a ocupação hoteleira volte aos índices de 2019, porém com ‘um novo turismo’.

“São famílias que buscam espaços mais amplos, passeios preferencialmente ao ar livre, turismo rural e de aventura. Como a cidade tem todas estas nuances, além da rica história e cultura, Petrópolis já vinha sendo um refúgio bastante procurado, principalmente pela facilidade de acesso de carro, com fluxo do Rio e Minas”, considera o presidente do Petrópolis Convention e Visitors Bureau, Fabiano Barros, que comenta ainda sobre os cuidados que o trade vem empregando: “desde o início houve um rígido controle dos estabelecimentos justamente para que houvesse esse reconhecimento de um estadia resguardada”.  

A ocupação hoteleira nos últimos feriados de 7 de setembro e 12 de outubro em Petrópolis girou em torno de 90% da capacidade de ocupação permitida que, na ocasião, era de 70% dos leitos de cada estabelecimento. E a expectativa é que para as novas datas de descanso, sobretudo em novembro, com os feriados de 15 de novembro (nacional) e 20 de novembro (estadual) é que o movimento seja ainda maior.  “A dica é garantir a reserva com mais antecedência e organizar o passeio com os roteiros de preferência com tranquilidade” aponta Fabiano Barros.

“O aumento da vacinação em nosso Estado, de uma forma geral no país e na cidade, nos dá a segurança de dar este passo que é importante para a rede de hotéis e restaurantes que estavam com suas receitas suprimidas por um longo tempo. A cidade se prepara para a programação do Natal Imperial e ainda será um bom destino para o Verão”, afirma o secretário de Turismo, Samir El Ghaoui.

O novo turismo também tem mudado o hábito das famílias que escolhem passar temporadas mais longas na cidade e inclusive em dias úteis. “O trabalho remoto também proporciona que as pessoas possam estar de férias, mas mantendo algumas atividades. E isso tem influenciado no movimento da cidade. A maneira de Petrópolis receber seus visitantes com muitos cuidados sanitários também faz a diferença. Aqui, as pessoas sentem segurança”, avalia Fabiano Barros.  

Fonte: Divulgação

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.