Realeza da 30ª Bauernfest é eleita em Evento no Palácio de Cristal

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um concurso realizado no último sábado (25.05), no Palácio de Cristal, elegeu a Rainha, Sabrina de Carvalho Pereira, a 1 ª Princesa, Mariana Tesch Lins, e a 2 ª Princesa, Nathalia Bello Kling. Elas vão representar a festa e ajudar a divulgar a história da colonização alemã na Cidade Imperial para petropolitanos e turistas. O concurso também é uma forma de homenagear os colonos através de seus descendentes. Este ano, a Bauernfest acontece entre os dias 14 e 30 de junho, exceto o dia 20 – feriado de Corpus Christ, no Palácio de Cristal e arredores.

O evento contou com seis candidatas que disputaram a realeza da 30 ª Bauernfest. Elas contaram as histórias de suas famílias e o porquê de estarem disputando as faixas de realeza para representar os colonos na festa. No final, uma comissão de jurados escolhidos pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) e o Clube 29 de Junho definiu o resultado.

Bernardo Rossi, Prefeito de Petrópolis disse que o concurso é uma homenagem para as famílias. “Os colonos alemães ajudaram a transformar a cidade no que ela é hoje. Eles chegaram aqui e tiveram que enfrentar uma terra totalmente diferente da deles, condições que não estavam acostumados, mas seu trabalho foi fundamental para a construção da cidade. E ficamos muito felizes de até hoje termos essa festa para homenagear sua cultura e seus descendentes”, destaca.

As candidatas eleitas receberão um prêmio em dinheiro no valor de R$ 4 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil (valor bruto), respectivamente. O mandato das vencedoras se estenderá da data da coroação até a realização do concurso da próxima edição da festa. Elas participarão do evento e também ajudarão a divulgar a Bauernfest durante todo o ano.

A Rainha Sabrina, que tem 20 anos, representa a família Schwarz. “Eu sempre quis homenagear a minha família. Sou apaixonada pela cultura alemã. Desde que sou pequenininha tenho a lembrança da minha irmã dançando, e também sempre participava dos desfiles aos domingos. E é uma emoção muito grande, é muito bom saber que vou poder levar a festa comigo e estar aqui representando ela todo dia”, frisou.

Para concorrer à realeza, as candidatas se apresentaram com um traje tradicional, típico germânico e foram julgadas nos seguintes quesitos: apresentação, beleza, simpatia, elegância, desembaraço, traje e conhecimentos culturais.

Ficamos muito felizes com a participação das descendentes das famílias de colonos de Petrópolis. Muito da nossa cultura vem da cultura deles e por isso precisamos preservar essa memória”, declarou o diretor-presidente do IMCE, Marcelo Florêncio.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.