Equipes das secretarias de Defesa Civil, Assistência Social, Obras, CPTrans, Comdep e Águas do Imperador estão concentradas no Atílio Marotti onde uma obra de contenção cedeu com a chuva da madrugada desta quinta-feira (08.11). O acumulado de 120 milímetros de chuva em menos de 24 horas fez com que manilhamento no local sofresse novo rompimento. De acordo com a prefeitura, o plantão na comunidade será ininterrupto e até que a situação se normalize, por determinação do prefeito Bernardo Rossi.

A Prefeitura afirma que engenheiros da Defesa Civil, da Secretaria de Obras e da empresa que está fazendo a obra no local estão reavaliando as condições do terreno e atuando para estabilização da área. “Saturação do solo e condições do manilhamento serão reavaliados”, afirma o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

No local, uma garagem que estava sendo usada como canteiro de obras foi atingida. O imóvel, no entanto, estava desabitado. Não há registros de casas atingidas e nem de vítimas.

A via que havia sido desinterditada parcialmente na quarta-feira à noite voltou a estar interditada no trecho. Duas vans farão o percurso do alto da comunidade até o local da obra. Após a baldeação dos moradores, outras duas vans levam os passageiros até a Barão do Rio Branco. O sistema vai funcionar com horários ampliados.

Carros de serviço da Saúde e Assistência Social darão apoio no local para transporte de pessoas doentes e que necessitem de deslocamento. A Assistência Social vai apoiar as famílias para que mantenham suas rotinas.

“O projeto inicial vai precisar ser modificado em função das novas condições apresentadas”, explica Ronaldo Medeiros. A prioridade é desvio do curso de água e estabilização do terreno.

“Temos a previsão de mais chuvas para os próximos dias e a Defesa Civil está em alerta para esta região, em especial”, afirma o secretário de Defesa Civil, Paulo Renato Vaz.

O Liceu Municipal Carlos Chagas e a Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo estão com aulas suspensas nesta quinta-feira. No Liceu o pátio da instituição está sendo limpa pela Comdep. Já na Escola do bairro, que não sofreu danos, as aulas foram suspensas porque alunos tiveram dificuldade no acesso.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis