Proppaz terá início segunda-feira na Comac Grupo de patrulheiros e jovens em condição de vulnerabilidade social vão participar do Programa Promotores da Paz

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

As aulas Programa Promotores da Paz (Proppaz) em 2018 vão começar na próxima segunda-feira (19.02). O início do curso será na Comac, onde cerca de 100 alunos do grupo de patrulheiros e jovens em condição de vulnerabilidade social vão participar. Dessa forma, a Guarda Civil e a Secretaria de Educação, responsáveis pelo programa, mantém ação feita no segundo semestre do ano passado.

O Proppaz foi o passo inicial do projeto “Eu construo meu amanhã”, criado pela Comac na segunda metade de 2017. Ele é voltado para jovens de 12 a 16 anos encaminhados pela justiça para atividades extracurriculares após apresentarem atitudes como evasão escolar, baixa frequência nas aulas, mau comportamento em casa ou na comunidade. A intenção é evitar que isso evolua para atos infracionais e acabe fazendo com que esses jovens tenham que cumprir medidas mais duras.

“Nós do Proppaz ficamos muito felizes em poder fazer a diferença para esses jovens que vão participar do curso. Cada um deles sai transformado e leva a mensagem para os familiares, vizinhos e amigos, ganhando nova perspectiva de vida”, diz um dos instrutores do Proppaz, o guarda Leandro Melo. Além dele, o curso também é ministrado pelos agentes Augusto Carvalho, Paulo Renato de Oliveira e Evandro Marcolino.

O programa completa 10 anos de existência em 2018 e já transformou mais de 2,9 mil estudantes em jovens promotores da paz. Agora, ação virou política pública do município, o que significa que será realizada de forma permanente para levar a jovens de 8º e 9º anos da rede municipal de educação noções de cidadania, valorização da família, cultura da paz, educação para o trânsito, prevenção ao uso de drogas e motivação.

Além da Comac, o Proppaz será realizado neste semestre em 25 turmas dos colégios Hercília Moretti (Correas), Dr. Barros Franco (Secretário), Moyses Furtado Bravo (Posse) e Monsenhor João de Deus (Pedro do Rio). São mais de 900 alunos só nessas escolas, que participarão das três etapas do programa: a primeira acontece em sala. Depois acontecem os “Jogos Proppaz”, com a realização de atividades esportivas e lúdicas entre os jovens e os instrutores. Por fim, eles conhecem os trabalhos realizados no dia a dia pelos agentes na ação “Guarda por um dia”.

“Pela primeira vez, o Proppaz será levado para escolas dos distritos. Isso será possível por causa da doação de um veículo para o programa feita pelo prefeito Bernardo Rossi, que vai permitir o deslocamento para escolas mais distantes do Centro, onde fica a sede da Guarda”, explica o comandante da Guarda, Jeferson Calomeni.

“O Proppaz é uma ferramenta muito importante para o futuro dos alunos que passam pelo curso. O programa faz muita diferença na vida de cada um deles e esses jovens, com a cultura de paz trazida pelos guardas, serão multiplicadores dessa mensagem pela nossa cidade”, afirma a secretária interina de Educação, Samea Azara.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.