Foto: Reprodução da Internet

Projetos sociais de empresas ganham corpo e multiplicam áreas beneficiadas durante a pandemia

Saúde, assistência social, educação e geração de renda são as principais causas; em Curitiba, mais de 180 mil pessoas foram impactadas por projetos sociais
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Ao longo dos últimos dois anos, mais de R$ 7 bilhões foram doados para pessoas afetadas pela covid-19. Os dados são do Monitor das Doações Covid-19 realizado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos. O estudo mostra ainda que 85% dessas doações foram feitas por empresas. Números que ressaltam que a pandemia reforçou o papel social das instituições. E, assim como nas ações diretamente relacionadas com a pandemia, os projetos das empresas também se ampliaram, principalmente nas causas de saúde, assistência social, educação e geração de renda.

Em Curitiba (PR), alguns projetos tiveram aumento, em 2021, de mais de 400% no número de pessoas alcançadas, em comparação a 2020. O crescimento foi percebido em iniciativas desenvolvidas pelo Instituto das Cidades Inteligentes (ICI) em parceria com outras instituições. No total, mais de 180 mil pessoas foram impactadas ao longo do ano.

Tecnologia no apoio à inclusão

Ao todo, foram oito iniciativas conduzidas pelo ICI no ano passado. Uma delas é o projeto Trilha Digital, que oferece cursos on-line de capacitação e inclusão digital. A ação tem parceria da Associação dos Deficientes Físicos do Paraná, que também recebeu apoio na manutenção dos equipamentos da instituição pelos técnicos do ICI. Dentro das iniciativas de inclusão digital, em parceria com a Fundação de Ação Social, foram realizadas novas edições do curso smartphone para idosos. Ainda, foi implantada em maio de 2021 a rede Wi-fi Curitiba, que oferece sinal de internet gratuita em 84 pontos da capital paranaense.

Na área da saúde, o aplicativo Hemogram, criado em conjunto com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), busca incentivar a doação de sangue. E a disponibilização de sistema de informações e suporte técnico para o Tribunal de Justiça do Paraná deu apoio para a realização do programa Justiça no Bairro em todo o estado. Além disso, o ICI participou do  Projeto Ven, Tú Puedes, que busca a capacitação de migrantes e refugiados venezuelanos para o mercado de trabalho. A partir dele, dois venezuelanos passaram a fazer parte do quadro de colaboradores do Instituto.

As ações desenvolvidas pelo ICI são baseadas no estatuto, código de conduta e no planejamento estratégico do Instituto, bem como nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, os ODS. Nesse sentido, em 2021, o ICI aderiu à maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, o Pacto Global da ONU, e passou a integrar a Estratégia ODS, rede de organizações com o propósito de ampliar e qualificar o debate a respeito dos ODS no Brasil. Ainda, renovou o Selo Sesi ODS e ingressou no Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), entidade ligada ao Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.