O Projeto TAMAR em Ubatuba é um passeio imperdível para toda família. Além da visita se transformar em uma verdadeira aula de educação e meio ambiente, oferecendo a oportunidade de conhecer de perto as tartarugas marinhas, tem programação de férias com palestras, música, arte, história, consciência social e ambiental.

Programação diária

A partir das 10h00, o Cine TAMAR apresenta filmes diferentes a cada dia sobre as tartarugas marinhas, os trabalhos do TAMAR e a conservação do meio ambiente e dos oceanos. Para assistir aos filmes, basta solicitar a um dos monitores.

Às 10h30, a atividade interativa Banho das Tartarugas dá oportunidade às crianças de esfregar o casco de tartarugas marinhas com o auxílio dos monitores (vagas limitadas e por ordem de chegada).

Às 14h30, as Oficinas Recreativas voltadas ao público infantil transformam brincadeiras em aprendizado sobre a conservação da natureza.

Às 16h00, a Alimentação Interativa das Tartarugas Marinhas dá às crianças a chance de ajudar na alimentação de tartarugas no TAMAR (vagas limitadas e por ordem de chegada).

Às 17h00, uma visita monitorada especial traz informações e curiosidades sobre as tartarugas marinhas, deixando a atividade ainda mais enriquecedora.

Terças e quintas de julho

Todas as terças e quintas-feiras de julho, às 18h00, tem palestras ministradas por pesquisadores do TAMAR. O tema geral é “O TAMAR que você não vê no Centro de Visitantes”, palestras que contam com detalhes as atividades que o Projeto realiza em campo, com pescadores, com reabilitação, nas áreas de desova, junto a programas socioambientais e muito mais. A programação detalhada das palestras pode ser encontrada na bilheteria do TAMAR.

Zoo Urbano Vida Marinha

Ao entrar no Projeto TAMAR, uma prévia da exposição Zoo Urbano Vida Marinha apresenta esculturas gigantes feitas com materiais descartados que ganharam novas formas. “No Zoo Urbano Vida Marinha, o intuito é substituir o plástico pela plástica. Sugerir através da arte responsabilidades comuns, apontar para a relação predatória e degradante que sempre mantivemos com os oceanos. Questionar uma existência futura, criar fluxos de pensamentos que convirjam para a consciência ecológica, para a redução dos resíduos, para a preservação das espécies, para a coexistência da vida, para a valorização do MAR, do AMAR, e do TAMAR”, diz Francisco Rosa, curador do Zoo Urbano.

Documentário e oficina

Complementando a programação, no dia 06 de julho, às 20h00, o TAMAR exibirá o documentário “Arpilleras, atingidas por barragens bordando a resistência”, com entrada gratuita. O filme é dirigido por mulheres atingidas por barragens e que são protagonistas das histórias narradas. Após a exibição haverá um bate-papo com Esther Vital García Conti, do MAP (Movimento dos Atingidos por Barragens), que acompanhou a iniciativa.

Dia 07 de julho, às 16h00, Esther conduzirá a oficina de confecção de Arpilleras, uma técnica têxtil que tem suas origens numa antiga tradição popular chilena e no trabalho da folclorista Violeta Parra. A oficina terá entrada gratuita e precisará de agendamento prévio por telefone. Vagas limitadas.

Música

Dia 14 de julho é a vez do Grupo Concertada subir ao palco do TAMAR, trazendo música regional, MPB de qualidade, em apresentação animada e contagiante com a participação especial da flautista Fernanda Pairol e a pianista Rosa Lafratta. Começa às 20h00 e a entrada é gratuita.

Música
Dia 14 de julho é a vez do Grupo Concertada subir ao palco do TAMAR, trazendo música regional, MPB de qualidade, em apresentação animada e contagiante com a participação especial da flautista Fernanda Pairol e a pianista Rosa Lafratta. Começa às 20h00 e a entrada é gratuita.

O Projeto TAMAR começou em 1980 a proteger as tartarugas marinhas no Brasil. A Petrobras é a patrocinadora oficial do TAMAR, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. A Fundação Pró-TAMAR é a principal executora das ações do PAN – Plano Nacional de Ação para a Conservação das Tartarugas Marinhas no Brasil do ICMBio/MMA. O TAMAR trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 26 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em Ubatuba recebe o apoio da Prefeitura Municipal. Visite www.tamar.org.br

SERVIÇO:

Local: Projeto Tamar UBATUBA
Rua Antonio Athanásio, 273 – Itaguá
Tel.: (12) 3832 6202 | 3832 7014
Período: 01 a 31 de julho

Entrada gratuita para o documentário, oficina* e apresentação musical do Grupo Concertada.
*Para a oficina de Arpillera, é necessário agendamento prévio por telefone (vagas limitadas)

Crédito da foto: Reprodução da internet / Projeto Tamar - Ubatuba - SP