Projeto anistia policiais militares expulsos que foram absolvidos em atos disciplinares

Poderão ser contemplados os agentes excluídos do quadro da corporação entre 2007 e 2018

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) irá votar em discussão única, nesta quinta-feira (13/08), o projeto de lei 1.326/20, que dá anistia aos policiais e bombeiros militares expulsos da corporação entre 1º de janeiro de 2007 a 31 de dezembro de 2018 que foram absolvidos processos disciplinares punitivos. Caso receba emendas, o projeto sairá de pauta para que as modificações sejam analisadas pelas comissões técnicas da Casa.

A medida ainda determina que o Poder Executivo detalhe os atos disciplinares e promova a reintegração dos policiais militares e bombeiros militares em até 90 dias. A medida é dos deputados Alana Passos (PSL), Alexandre Knoploch (PSL), Anderson Moraes (PSL), André Ceciliano (PT), Bruno Dauaire (PSC), Coronel Salema (PSD), Dr. Serginho (REP), Filippe Poubel (PSL), Gustavo Schmidt (PSL), Marcelo Do Seu Dino (PSL), Márcio Gualberto (PSL), Marcos Muller (SDD), Renato Zaca (SDD), Rodrigo Amorim (PSL), Rosenverg Reis (MDB), Subtenente Bernardo (PROS), Filipe Soares (DEM), Vandro Família (SDD) e Carlos Macedo (REP).

Fonte: Alerj

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também