Castração gratuita, feira de adoção e campanha de incentivo à guarda responsável são alguns dos serviços que o projeto Ambiente Animal ofereceu para os moradores de Vassouras, no Médio Paraíba Fluminense.  O programa tem a finalidade de minimizar os impactos causados por cães e gatos na fauna silvestre das unidades de conservação.

O projeto foi lançado em maio deste ano, em Jacarepaguá, na Zona Oeste, para atender às comunidades situadas no entorno e na Zona de Amortecimento do Parque Estadual da Pedra Branca.

Expectativa

Em Vassouras, os beneficiários foram os moradores que vivem no entorno do Parque Estadual da Serra da Concórdia e do Refúgio da Vida Silvestre do Médio Paraíba, unidades de conservação situadas no território da cidade. A expectativa é castrar cerca de 300 animais, entre cães e gatos, em um período de 30 dias. Depois, o projeto segue para Valença.

As castrações em Vassouras começaram ontem e foram realizadas em um contêiner, batizado de Castramóvel Ambiente Animal, totalmente adaptado para a realização desse tipo de cirurgia. Os animais foram mapeados pela equipe do Viva Rio Socioambiental e das secretarias de Saúde, Meio Ambiente e Assistência Social do município.

– Após uma triagem inicial dos mobilizadores, a equipe do projeto irá entrar em contato com os moradores para agendar dia e horário para seu animal ser castrado – afirmou a coordenadora de Projetos Socioambientais do Viva Rio, Márcia Rolemberg.

Educação ambiental

O projeto também vai promover atividades de educação e sensibilização ambiental, com o objetivo de apresentar às comunidades a importância da castração e da guarda responsável para a saúde do animal e para a conservação da fauna silvestre. Também será desenvolvida  pesquisa que vai enfatizar o andamento e os resultados do projeto nas comunidades contempladas. Esses resultados serão discutidos e apresentados em um seminário técnico-científico.

O programa é uma iniciativa da Secretaria do Ambiente, e será executado e desenvolvido pelo Viva Rio Socioambiental, que firmou Termo de Cooperação Técnica com a Can & Fel, com recursos da Câmara de Compensação Ambiental.