Procon multa duas agências por conta de filas acima do tempo permitido

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Dando continuidade as ações fiscalizatórias nas agências bancárias do Centro, o Procon Petrópolis multou o Santander da Paulo Barbosa e o Itaú, na Rua Teresa, em R$ 24,5 mil cada. A equipe encontrou as irregularidades nesta quarta-feira (04.10).  As duas agências, das cinco fiscalizadas, excederam o limite de 15 minutos para a realização do atendimento aos clientes descumprindo a legislação municipal 5.763/2001.

Essa foi a segunda fiscalização realizada pelo órgão em agências bancárias. Na primeira, realizada no último dia 14, a fiscalização constatou a irregularidade em uma agência do banco Itaú e duas do Bradesco. As unidades bancárias foram notificadas pelo órgão de defesa do consumidor em julho para que disponibilizassem equipes suficientes para atender com rapidez e eficientes os clientes, sendo alertadas que a ação poderia ocorrer a qualquer momento.

“Nosso intuito no primeiro momento foi comunicar a ação para que não houvesse qualquer problema na hora da fiscalização. Esperamos que as agências cumpram à legislação municipal com pessoal suficiente para atender a demanda. Não é admissível que alguém fique uma hora ou até mais dentro de uma agência para ser atendido. A lei é clara quanto a isso e vamos manter as ações para que ela se cumpra”, explica o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

De acordo com a legislação, as agências bancárias devem disponibilizar pessoal suficiente para atender em até 15 minutos seus clientes – as únicas exceções acontecem em vésperas de feriados e pós-feriados, quando o tempo máximo permitido pode chegar a 30 minutos. A punição é de 200 Unidade Fiscalização do Município de Petrópolis (UFPE), aplicado aos bancos com as irregularidades.

Agora, as agências multadas têm 10 dias para recorrer da multa justificando o motivo do atraso. Apenas se o Procon deferir a solicitação dessas agências é que a multa é suspensa. O órgão de defesa do consumidor busca garantir que toda empresa tenha direito à ampla defesa e agora aguarda as respostas das mesmas para dar continuidade na execução das multas.

O Procon fica localizado no número 33 da Rua Dr. Moreira da Fonseca, no Centro – ao lado da Câmara dos Vereadores. O atendimento também pode ser pelos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477; pelo WhatsApp Denúncia (24) 98857-5837 ou pelo serviço de mensagens do Facebook, pela página do Procon Petrópolis e pelo sitewww.petropolis.rj.gov.br/procon.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.