Procon flagra supermercado vendendo produtos impróprios para o consumo no Centro da cidade

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Procon Petrópolis flagrou nesta quinta-feira (21.02), durante uma operação, 19,036Kg de alimentos impróprios para o consumo sendo vendidos em um supermercado no centro da cidade. A maioria dos produtos estava com a data de validade vencida, sem identificação de validade ou data de fabricação e com a embalagem violada. O estabelecimento foi autuado pela irregularidade, além de ter tido os produtos descartados pela equipe do órgão de defesa do consumidor.

Entre os produtos que estavam fora da validade e expostos para venda de forma irregular foram descartados: cogumelos, azeitona, cereja em calda, pacotes de empanado de peito de frango, pacote de fusili ao shitake congelado, pacote de mortadela e bandeja de peito de peru fatiado.  Já entre os produtos sem identificação de lote, data de fabricação ou validade, foram retirados das prateleiras o pão sírio e queijo mussarela. Além das mercadorias com embalagens violadas, como uma embalagem de filé de peito de frango congelado e um pacote de queijo tipo grana em lascas.

“Hoje o Procon Petrópolis tem um papel estratégico na proteção do consumidor da cidade, e quando se trata do setor de gêneros alimentícios o Procon sempre pautou isso com muita prioridade e vem com êxito realizando fiscalizações de rotina e conseguindo tirar de circulação alimentos que são impróprios para o consumo e com isso protegendo a sociedade com relação a qualquer tipo de problema de saúde e de segurança. Isso é fundamental e o Procon vai continuar fiscalizando com transparência e responsabilidade os estabelecimentos aqui de Petrópolis”, pontuou o coordenador do Procon Petrópolis, Bernardo Sabrá.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC), o qual baseia às ações do órgão, considera impróprios produtos com prazos de validade vencidos, deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.