Princípio de incêndio no Hospital Balbino começou em ar condicionado

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O princípio de incêndio que assustou funcionários, pacientes e familiares de internados no Hospital Balbino, em Olaria, na Zona Norte, teve início em um aparelho de ar condicionado da unidade. A informação é da assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros. Ainda de acordo com a corporação, o episódio não teve vítimas.

Imagens feitas por pessoas que passavam pelo local mostram pacientes sendo retirados do prédio às pressas. Eles foram enfileirados em colchões e macas na calçada da Rua Angélica Mota, que dá acesso à unidade de saúde. Para agilizar o socorro, familiares participaram da ação.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local. Mas, quando os agentes chegaram, a situação já estava controlada. Ainda de acordo com a corporação, não há vítimas e o problema começou com o curto-circuito em ar condicionado no 6º andar.

Parentes reclamaram que os pacientes que aparecem nas calçadas inspiram cuidados especiais. “Olhem que absurdo. Botaram as camas todas no chão. Tem paciente que está em estado crítico, precisando de oxigênio”, narra uma das mulheres.

Em setembro, 20 idosos morreram após serem transferidos às pressas do Hospital Dr. Badim, no Maracanã. A unidade teve grave incêndio. A principal causa das mortes foi asfixia por ingestão da fumaça tóxica, após um curto circuito no gerador do subsolo.

Fonte: ODIA

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.