Imagem: Reprodução

Primeiro caso de nova variante do coronavírus é detectada na França

O Ministério da Saúde francês confirmou o primeiro caso de infecção pela nova cepa do coronavírus Covid-19 no país. O surgimento de uma nova cepa mais infecciosa foi previamente alertado pelas autoridades britânicas

Por Guilherme Campbell

Segundo o governo francês, o infectado é um cidadão francês da cidade de Tours, que voltou de Londres no dia 19 de dezembro. O homem é assintomático e está em isolamento, acrescentou o Ministério da Saúde francês. A infecção foi confirmada depois que um teste de coronavírus, no qual o homem foi aprovado em 21 de dezembro, deu resultado positivo.

De acordo com o serviço de monitoramento, casos de infecção por uma nova cepa do coronavírus também foram registrados na Dinamarca, Austrália e Holanda. Na semana passada, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson falou sobre a nova cepa do coronavírus e anunciou um bloqueio severo em Londres e no sudeste da Inglaterra, suspendendo as férias de Natal. A nova cepa de coronavírus é conhecida como VUI-202012/01.

De acordo com Boris Johnson, pode ser muito mais perigoso do que a variante conhecida pelos cientistas. “Pode ser 70% mais infeccioso do que a versão anterior”, disse o primeiro-ministro, acrescentando que esta é uma informação preliminar e que a nova versão do vírus ainda está sendo investigada.

Sabe-se que uma nova cepa do vírus está se espalhando com rapidez incomum, se em novembro foi a causa de 28% de todos os casos de infecção por coronavírus em Londres, então em dezembro esse número já atingiu 60%. Muitos países do mundo anunciaram a suspensão dos voos com a Grã-Bretanha.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também