Presos seis chilenos acusados de roubar residência e manter vítimas reféns

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Policiais da 14ª DP (Leblon), em ação conjunta com a 19ª DP (Tijuca), prenderam seis chilenos acusados de praticar roubos e furtos a residências e a estabelecimentos comerciais em diversos bairros do Rio. A quadrilha é apontada ainda como autora de um assalto a um apartamento no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, no último sábado (17), quando uma família foi feita refém.

De acordo com o delegado Antenor Lopes, titular da 14ª DP, os criminosos arrombaram o portão de um prédio na Avenida Genaro de Carvalho e com uma chave de fenda invadiram um imóvel. Eles mantiveram refém uma família, entre eles um bebê de dois meses. As vítimas foram amarradas e os bandidos roubaram dinheiro, jóias, celulares, entre outros pertences.

Ainda segundo o delegado, as investigações sobre a atuação da quadrilha tiveram início após um furto em um restaurante no Shopping Leblon, no dia 12 de agosto. Com base em ações de inteligência e monitoramentos os agentes das duas distritais conseguirem chegar a identificação dos criminosos.

Três integrantes foram presos na Avenida Afrânio de Melo Franco, no Leblon. Em um apartamento alugado para temporada na Rua Prado Júnior, em Copacabana, os policiais recuperaram uma bolsa importada furtada no restaurante, além de outros objetos de valor. Em um prédio vizinho foram capturados outros três suspeitos. Com eles foram encontrados produtos roubados, além de dinheiro.

Três criminosos foram autuados por furto qualificado e associação criminosa. Os outros três, que estavam com documentos falsos da Venezuela e contaram na delegacia que eram venezuelanos, vão responder por roubo qualificado, associação criminosa e uso de documento falso.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.