Após uma série de decisões conflitantes neste domingo (8), o presidente do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores, determinou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) permaneça preso.

Thompson Flores justificou ser importante preservar a decisão do Desembargador Federal João Pedro Gebran Neto que havia determinado que o ex-presidente não fosse libertado.

Tag