Prefeitura reforça equipes da Secretaria de Saúde com a convocação de aprovados em concurso

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O município convocou 21 aprovados no concurso da Saúde para atuarem como agentes comunitários e agentes de endemia. Nesta segunda-feira (21.10), o grupo iniciou o curso introdutório, no qual tiveram informações sobre toda a rede de saúde, além do funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS). Serão 40 horas de curso teórico, em seguida, mais 40 horas de curso prático. Os novos agentes começarão a trabalhar a partir do dia 04 de novembro.

Os novos agentes da saúde irão atuar na Posse, Alto da Serra, Meio da Serra, Bingen, Valparaíso e Itaipava. Os profissionais, que irão reforçar as equipes da saúde, são o elo da comunidade com a rede, atuando de frente e de perto na assistência da população. O chamamento é referente ao concurso realizado em 2016.

“Estamos convocando os candidatos para reforçar e ampliar todo o atendimento que a rede de saúde oferece para a população. Estamos avançando para qualificar nossa assistência e acompanhar de perto todas as demandas do município trabalhando com a prevenção”, destacou o prefeito Bernardo Rossi.

Durante o curso, os candidatos puderam conhecer todas as ações da saúde e a preparação dos agentes para a Saúde da Família. Profissionais dos setores, como: superintendente de Saúde; Atenção Básica, Gerente de Saúde da Posse; Assistente Social; Agentes de endemia, vigilância epidemiológica e diretora do departamento de vigilância foram um dos representantes que ministraram o encontro que termina na sexta-feira (25.10).

“O trabalho dos agentes é muito importante no município. São eles que fazem as visitas comunitárias, apoiam as necessidades da comunidade levando as demandas para a rede. Serão um reforço para recompor as equipes da saúde. Estamos estudando as áreas para fazer novos chamamentos”, frisou a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

“Foi uma surpresa muito boa, porque agora vou trabalhar seguro e perto de casa. Estou muito feliz”, contou Emerson Mattos da Silva, que mora na Posse e será o local onde irá atuar como agente de saúde.

Segundo a chefe de gestão do Núcleo de Educação da Saúde e psicóloga, Maria Zenith Nunes Carvalho, os agentes irão conhecer a vulnerabilidade da região, é um contato direto com a comunidade. “Aqui no curso os futuros agentes terão orientações sobre como é ser um agente, a visão do SUS, como foi criado, o trabalho no território, equipe da rede de atenção, entre outros. Formamos nossos profissionais para que eles sejam aptos ao que o SUS precisa” contou Maria Zenith, que ainda destacou que os profissionais recebem educação especializada permanente.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.