Reforçando o cinturão de imunização nas áreas verdes e regiões de matas, a prefeitura promove neste sábado (20.01) um mutirão de vacinação contra Febre Amarela que será concentrado nas unidades dos bairros Fazenda Inglesa, Araras, Vale das Videiras e Secretário a partir das 9h. A Secretaria de Saúde também está organizando novo esquema de vacinação volante nas localidades que contemplará ainda as regiões rurais. O município conta com 50 mil doses em estoque e continua oferecendo a vacina diariamente em 15 unidades de Saúde.

A prefeitura iniciou as ações preventivas contra a Febre Amarela em março de 2017 realizando um cinturão de imunização em área rural, de matas e quilombola, além das ações volantes nos bairros – Araras, Fazenda Inglesa e Duarte da Silveira que fazem fronteiras com a Reserva Biológica do Tinguá. Na ocasião 80 mil pessoas foram imunizadas. Atualmente o município conta com 60% da população protegida contra a doença com 194 mil doses aplicadas.

“Petrópolis é um dos poucos municípios do Rio a ter grande parte da população protegida contra a Febre Amarela. Ano passado trabalhamos intensamente para que a população fosse protegida com antecedência nas áreas rurais e de matas e este ano vamos continuar oferecendo as doses diariamente nas unidades de Saúde e também levando as doses às áreas de difícil acesso com as ações volantes”, anuncia o prefeito Bernardo Rossi.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, explica que a intensificação do mutirão veio ao encontro a um caso de um turista do Rio de Janeiro que passou o Réveillon em Petrópolis e na ocasião entrou em uma área de preservação ambiental – região de mata fechada – no Vale das Videiras para fazer uma trilha. Posteriormente, ainda sem sintomas da doença, ele retornou ao Rio de Janeiro, onde, dias depois, buscou atendimento médico, foi internado com Febre Amarela e teve alta na última quinta-feira (18.01).

“Não temos nenhum petropolitano com suspeita da doença ou contaminado por Febre Amarela. Estamos reforçando o cinturão de imunização nas áreas de matas e rurais para que a população que ainda não se vacinou possa ir neste sábado e no próximo, no Dia D, se vacinar. É de grande importância que todos tomem a vacina antes de viajar para áreas de risco ou realizar passeios em áreas de mata fechada”, reforça Silmar Fortes.

O mutirão de imunização acontecerá nos postos da Fazenda Inglesa, Araras e Secretário de 9 às 16h e no Vale das Videiras de 9 às 15h. A superintendente de Atenção à Saúde, Fabíola Heck, reitera que a vacina é oferecida diariamente em 15 unidades de Saúde, de 9 às 17h com intervalo de 1h para almoço. Para se imunizar é preciso apresentar documento de identificação e no caso de menores de idade a caderneta de vacinação.

“Estamos com doses o suficiente em estoque para proteger a nossa população. Mas reforçamos que a dose está sendo oferecida diariamente em 15 unidades de saúde, então quem não conseguir participar dos mutirões, pode se vacinar durante a semana com tranquilidade”, disse.

 

Unidades começam a ter mais procura pelas doses
A Secretaria de Saúde registrou o aumento da procura pelas doses nas unidades do Centro – Centro de Saúde e Epidemiologia nesta sexta-feira (19.01). Em média são enviadas para as unidades de 100 a 300 doses por dia. Grande parte dos imunizados eram pessoas de outros municípios, que por não conseguir as doses em suas cidades buscaram Petrópolis para se vacinar.

Rosangela Osaka levou a filha de três anos para se vacinar aproveitando o período de férias. “Meu marido já tomou e eu e minha filha não. Devo confessar que estava com um pouco de medo de tomar essa vacina, mas me informei com o meu médico que me recomendou a imunização. Hoje conseguimos nos vacinar com tranquilidade”, disse.

A Secretaria de Saúde recomenda que a pessoa faça uso de repelentes por até 10 dias após a aplicação da vacina – tempo necessário para a imunização fazer efeito no organismo.

“Devem se vacinar crianças a partir de nove meses a adultos com até 59 anos. A imunização é contra indicada para gestantes, pessoas com o sistema imunológico debilitado e pessoas alérgicas à gema de ovo. Os idosos devem ser vacinados apenas com a liberação de um médico”, frisa Elisabeth Wildberger, diretora da Vigilância em Saúde.

 

‘Dia D’ de imunização contra Febre Amarela acontece no dia 27

A Secretaria de Saúde está organizando o cronograma de imunização do ‘Dia D’ que inicialmente contará no dia 27 de janeiro a partir das 9h com as principais salas de vacinas abertas – Centro de Saúde, Hospital Alcides Carneiro e Epidemiologia (ao lado do Hospital Nelson de Sá Earp).

“Vamos nos organizar para listarmos quais unidades abrirão no sábado dia 27 e pretendemos fazer além do Dia D, as ações volantes levando às doses as localidades de difícil acesso. Apesar de já termos um grande número de imunizados, precisamos alertar a população que ainda não se vacinou que busque uma unidade mais próxima à sua casa”, afirma o secretário de Saúde, Silmar Forte.

 

Lista dos postos de Saúde e demais locais de vacinação:

*Atendimento de 9h às 17h – Com intervalo de 1 hora de almoço 

– Instituto da Mulher (antigo Centro de Saúde) – Rua Santos Dumont, S/Nº

– PSF Alto da Serra – Rua Teresa, 2.024 (Praça Miguel Couto)

– PSF São Sebastião – Rua São Sebastião nº 625

– UBS Alto Independência – Rua Ângelo João Brand s/n

– UBS Quitandinha – Rua General Rondon nº 400

– UBS Retiro – Av. Barão do Rio Branco s/n

– Ambulatório Escola – Rua Bernardo Proença nº 32

– UBS Itamarati – Rua HívioNaliato nº 169

– Hospital Alcides Carneiro – Rua Vigário Corrêa, 1.345

– UBS Morin – Rua Pedro Ivo, nº 81 – Morin

– UBS Itaipava – Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues s/n

– UBS Pedro do Rio – Estrada União e Indústria s/n

– PSF Posse – Estrada União de Indústria nº 33.530

– Coordenação Epidemiologia – Hospital Municipal Nelson de Sá Earp – Rua Paulino Afonso, 455

– UBS Mosela – Rua Mosela nº 744

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Marcello Santos