A prefeitura promove uma feira de adoção de animais na Praça Dom Pedro, no dia 11 de agosto, de 9 às 16h. Serão oferecidas quatro barracas para os protetores, que podem levar até cinco cães ou gatos adultos e 10 filhotes, sendo exigido que eles estejam vermifugados, vacinados e em boas condições de saúde. Os interessados em participar do evento devem entrar em contato com a Coordenadoria de Bem-estar Animal (COBEA) através do telefone 2291-1505 e garantir a participação. A feira será realizada em homenagem ao Dia dos Pais, que será comemorado este ano no dia 12 de agosto.

A ideia do evento é incentivar a adoção responsável, orientando a população sobre os cuidados que os animais exigem. O futuro dono precisa fornecer abrigo adequado, alimentação, visitas ao médico veterinário, além de passeios e diversão. “É mais um filho que a família ganha. As responsabilidades são as mesmas”, afirma Elisabete Amorim, coordenadora da Cobea, destacando a importância do trabalho realizado em parceria da prefeitura com os protetores de animais.

“A adoção precisa ser vista dentro de todas as suas necessidades e com as responsabilidades inerentes, como espaço, lazer, medicamentos, paciência para corrigir, cuidados na adaptação ao novo lar, saídas periódicas acompanhadas de seu tutor, incentivo, estímulos positivos, respeito ao seu sentir. É importante ressaltar que são nossos companheiros por uma vida e não objetos para nosso deleite e entretenimento”, explica Elisabete.

Desde o início do ano passado, a prefeitura mantém a parceria com os protetores de animais, que contam com um espaço permanente no Centro da cidade para brechó e bazar com arrecadação voltadas para as ações que desenvolvem. Também são realizadas campanhas periódicas de recolhimento de ração e medicamentos, contribuindo para o atendimento dos protetores pela cidade.

Este ano, a prefeitura chega a dezembro com a castração gratuita de 1,5 mil animais, uma ação que estava desde 2016 abandonada e que a atual gestão retomou; só este ano foram feitas 340 vistorias entre fiscalização preventiva de orientação e advertência a partir de denúncias de maus tratos.

“Também temos uma campanha permanente de doação de rações sediada na Cobea e direcionada aos protetores e eventos bimestrais de conscientização, mobilização e doação de animais e ainda o animal inserido nos planos Verão e Inverno, de apoio às comunidades que casos de cheias e estiagem”, afirma Elizabete.