Os acessos estarão livres para Petrópolis durante o próximo feriadão, que começa neste dia 19, Sexta-feira Santa e vai até 23, Dia de São Jorge. Após a prefeitura oficiar a Concer sobre a realização de uma obra no Km 85 na pista de subida da Serra, a concessionária concluiu a intervenção e garantiu que não irá realizar nenhuma obra ou obstrução viária no trecho de concessão dentro dos limites município neste período. Nesta terça-feira (16.04), equipe do Procon fiscalizou a execução dos serviços. A empresa seria autuada e multada por lesar o consumidor caso a estrada permanecesse em meia pista.

A concessionária enviou representantes do corpo jurídico nesta terça-feira para protocolar no Procon o relato das providências tomadas. A desobstrução total da pista já foi verificada pelas equipes de defesa do consumidor. As obras foram concluídas em quatro dias e a pista está operando sem retenções.

Com previsão de mais de 200 mil pessoas passando pelo trecho que compreende a cidade neste feriado, obras não emergenciais na pista já haviam prejudicado o fluxo de veículos, que ficavam por até quatro horas engarrafados para chegar a cidade em outras datas de descanso prolongado. Isto foi registrado no feriado de Carnaval e a Prefeitura, na sexta-feira passada, anunciou que estava intervindo por meio do Procon, para evitar nova interrupção na Semana Santa.

“Pressionamos a concessionária porque as obras no feriado estavam causando grande transtorno para a cidade. Feriados prolongados representam a cidade cheia, turistas chegando e economia girando.  Obras não podem ser iniciadas às vésperas dos feriados. Garantimos caminhos livros, mas o que queremos é o comprometimento da empresa garantindo a desobstrução próximo e durante os feriados”, esclareceu o prefeito, Bernardo Rossi.

Ao mesmo tempo em que o Procon oficiou a Concer para a conclusão das obras, o órgão também propôs um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado entre o município e a concessionária, garantindo que não haja a realização de obras na rodovia, em Petrópolis, no período de feriado. O documento é embasado na vocação turística da cidade – grande gerador econômico para o município e também porque tal atitude gera um desserviço ao consumidor, que é o principal prejudicado com o trânsito provado pelas obras.

O coordenador do Procon, Bernardo Sabrá, explica que a liberação da via nesse trecho é só o primeiro passo para que a concessionária aja em consonância aos interesses de Petrópolis, se propondo, ao menos, a não realizar as obras durante os feriados e informando, previamente, quando for interditar a via antecipadamente. “Salvo, claro, as obras emergenciais, que precisam ser feitas. A concessionária é alvo de grande número de reclamações, seja pelo pedágio caro ou pela sua péssima estrutura”, destaca.

O prefeito Bernardo Rossi lembra que são mais de 30 mil pessoas que trabalham diretamente com o comércio, hotéis, restaurantes e prestação de serviços, que são impactados positivamente com o feriado prolongado. “O que não vamos admitir é que a concessionária, que deixou de fazer sua parte concluindo a obra de subida da Serra não pode fazer agora, é prejudicar ainda mais a nossa população. Isso será combatido de todas as formas que pudermos”, garante.

A Concer, em nota, informa que a obra foi iniciada e finalizada dentro do planejado. “A Concer esclarece que a obra no km 85 foi iniciada e concluída dentro do planejado pela concessionária, sem qualquer interferência externa, e que a resposta oficial à notificação do Procon será formalmente protocolada amanhã“.