Uma das festas mais aguardadas de Petrópolis, a Bauernfest se aproxima e dois produtos são indispensáveis no burgo alemão: o salsichão e a cerveja. É por isso que a prefeitura está lançando dois editais para captação de recursos financeiros, por meio de patrocínio por cota e detenção de exclusividade total no fornecimento de salsichão e bebidas para a realização da 30ª da Festa do Colono Alemão. Este ano, o evento acontece de 14 a 30 de junho (exceto no dia 20 – feriado de Corpus Christ), no Palácio de Cristal e arredores.

O objetivo dos dois editais é selecionar empresas parceiras que tenham interesse em colaborar com o município na realização dos eventos, com aporte financeiro. Em contrapartida, a empresa fica com a exclusividade no fornecimento dos produtos.

“Essas parcerias são muito importantes e são boas tanto para o município – que economiza, quanto para as empresas, que ganham visibilidade na segunda maior festa da cultura alemã do país. Temos sempre como meta elevar a qualidade de cada evento, mas diminuir os nossos gastos. As empresas vencedoras vão pagar para a prefeitura para ter essa exclusividade e o município vai usar o valor para custear parte do evento”, frisa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Para o edital de bebidas, que prevê o fornecimento de chope, refrigerantes, sucos de fruta e água mineral o lance mínimo será de R$ 800 mil. Ou seja, o valor deverá ser pago à prefeitura. Em contrapartida terá exclusividade no fornecimento das bebidas para a Bauernfest e também uma barraca nos jardins do Palácio de Cristal. O valor do patrocínio será utilizado para a contratação das estruturas e serviços necessários para a realização da festa.

Vale lembrar que, apesar da exclusividade, há exceção ao cumprimento da Lei Municipal n° 7.565 de 10/10/2017, sancionada pelo prefeito Bernardo Rossi, que garante o incentivo à produção de cerveja artesanal por microcervejarias da cidade.

Já para o edital do salsichão, a empresa vencedora deverá fornecer os salsichões especialmente desenvolvidos com formulação tipicamente alemã e ter capacidade para fornecer as quantidades estipuladas no edital. A cota de patrocínio correspondente ao chamamento público tem o valor mínimo de R$ 38.153,45 mil, em contrapartida, terá o fornecimento com exclusividade de salsichão para comercialização nas barracas da festa, com exceção das barracas no intramuros do Palácio de Cristal. Apesar disso, a empresa também  terá uma barraca exclusiva nos jardins do Palácio de Cristal.

Os editais estarão disponíveis no Departamento de Licitações, Compras e Contratos Administrativos (Delca), ou na internet, no site da prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br, a partir desta quarta-feira (17.04). Para o edital do salsichão, o envelope contendo a proposta e habilitação deverá ser entregue no dia 07 de maio, às 14h. Já no edital de bebidas, o envelope deverá ser entregue no dia 09 de maio, às 14h. Ambos no Delca, no Centro Administrativo da prefeitura.

30ª Bauernfest será expandida

Petrópolis já se prepara para receber sua festa mais tradicional: a Bauernfest. Este ano, o burgo alemão será expandido e terá 16 dias, sendo três fins de semana. A expectativa da Prefeitura é a de melhorar a qualidade da festa para o público, além de aumentar o número de turistas atraídos para a cidade com seis dias a mais em relação ao ano passado. O evento, que em 2019 chega à sua 30ª edição, movimenta a economia e é considerada a 2ª maior festa da cultura germânica do país

           A Bauernfest é um dos principais eventos de Petrópolis. A comemoração começou com pequenas quermesses realizadas no início do século XX, no bairro Fazenda Inglesa, onde os primeiros colonos promoviam o retorno às origens com música, dança e os tradicionais pratos da culinária alemã. Já em 1983, no Clube 29 de Junho, que reúne descendentes da colônia, surgiu a ideia de transformar a festa em um evento onde todos teriam conhecimento da história e tradições dos alemães da cidade de Petrópolis. O local escolhido foi os arredores do Palácio de Cristal, onde está um cruzeiro que marca a chegada dos pioneiros. A partir de 1990, já com o nome Bauernfest e o apoio da prefeitura, o evento foi profissionalizado e cresceu, alcançando o formato atual da festa.