A prefeitura está lançando a campanha “Hora do Lixo”, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre a hora certa de descartar o lixo para a coleta. Agora, todos os moradores vão poder consultar, no site da Comdep, o horário que a coleta de lixo acontece em cada local. Assim, todos poderão contribuir com a limpeza da cidade fazendo o descarte do resíduo domiciliar em horários mais próximos da passagem dos caminhões.

Desde o ano passado, a prefeitura organizou e ampliou a coleta de lixo, após ter encontrado uma situação caótica deixada pelo governo passado. Por causa de dívidas de quase R$ 12 milhões, a antiga empresa responsável pelo serviço interrompeu a coleta, deixando a cidade com lixo acumulado em vários locais. Em seis dias, a prefeitura contratou emergencialmente duas empresas para fazer a coleta e o transporte do lixo para o aterro. Desde então, a quantidade de resíduo retirado diariamente subiu quase 19% – passou de 272 toneladas por dia em 2016 para 323 toneladas por dia no ano passado.

“A prefeitura precisou trabalhar de uma forma muito rápida para reverter o quadro que encontrou no primeiro dia de governo. Hoje a coleta acontece de forma regular em toda cidade e durante todo o dia. A coleta é maior atualmente e mais barata do que a realizada pela empresa anterior. E a população vai poder ajudar ainda mais para deixar a cidade ainda mais limpa”, diz o prefeito Bernardo Rossi.

Para isso, qualquer pessoa pode entrar no endereço eletrônico www.comdep.com.br e encontrar a lista com os horários e dias em que o serviço para na sua rua. Com isso, será possível seguir uma recomendação importante da Comdep e o que estabelece o Código de Posturas.

“As pessoas devem colocar o lixo na lixeira mais próximo do horário da coleta, com uma antecedência de no máximo uma hora. Essa uma medida simples que cada pessoa pode tomar e que vai ajudar a evitar que o lixo fique espalhado e possa causa mau cheiro e doenças”, ressalta o presidente da Comdep, Wagner Silva.

Coleta de lixo hoje no município

Hoje, as empresas Força Ambiental e PDCA Serviços fazem, respectivamente, a coleta e o transporte do lixo para o aterro de Três Rios, dando destinação correta para todo resíduo recolhido na cidade. O transporte é feito em pelo menos 15 viagens por dia.

A coleta é feita por 21 caminhões grandes (com capacidade de 15 toneladas) e sete veículos menos (que comportam seis toneladas e que são usados para a coleta em locais de difícil acesso e ruas estreitas). As rotas passam por 1.633 ruas do município, com frequência diária ou com intervalos de 48 horas. Esse roteiro leva em consideração a quantidade de lixo gerado na localidade, o fluxo de veículos, o tamanho da população, entre outros fatores – até mesmo a época do ano (no verão, por exemplo, o descarte de lixo aumenta).

A população conta cerca de 1,2 mil lixeiras de plástico rígido e uma tonelada de capacidade espalhadas em toda cidade, além de lixeiras fixas, barris e coletoras de postes.

Entulho

Todo esse trabalho intenso e frequente não permite acúmulo de lixo na cidade, que ainda enfrenta outra situação: o descarte irregular de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos velhos. O depósito irregular de entulho sobre calçadas e ruas é proibido pelo Código de Postura. A legislação do município determina que o gerador do entulho deve dar o destino correto, ou seja, levar para o aterro de Pedro do Rio. No caso de flagrante, o responsável é intimado a fazer a retirada imediata e recebe multa de R$ 800. Quem tem dificuldade, tem a opção do Disque Entulho.

“O Disque Entulho faz a coleta gratuita em casa de até 20 sacos de entulho. O serviço tem rotas fixas, mas também há atendimento de outros locais, de acordo com a disponibilidade. Desde que foi reativado, no ano passado, já foram feitas mais de quatro mil coletas e qualquer pessoa pode contar com esse serviço”, explica o presidente da Comdep, Wagner Silva. Para isso, basta ligar para 2243-7822 e fazer o agendamento.