A prefeitura ampliará o atendimento odontológico para crianças do município com a implantação do programa “Dentista na Escola”. A iniciativa será lançada nesta segunda-feira (07.05) na Escola Avelino de Carvalho, no Brejal, e beneficiará 230 crianças da Educação Infantil até o 9º ano. O programa prevê o trabalho de restaurações, extrações, limpeza e aplicação de flúor, além de ações de prevenção, como escovação supervisionada e orientação de higiene bucal. Em 2017, o Departamento de Saúde Bucal prestou assistência odontológica a 1.639 crianças no Centro de Saúde e em ações do programa Saúde na Escola. A expectativa do município é ampliar ainda mais esse número.

“Educação e Saúde são um time e devem jogar juntos sempre que possível, levando às escolas conhecimento e ações em prevenção”, afirma o prefeito Bernardo Rossi, lembrando ainda que o programa Saúde na Escola também está iniciando implantação e beneficiará 10.112 estudantes de 56 unidades.

Para viabilizar a implantação do ‘Dentista na Escola’, a prefeitura colocou para funcionar a unidade móvel do Serviço de Saúde Bucal, desativada desde 2009 por falta de manutenção e que apenas era usada em eventos. O prefeito Bernardo Rossi explica que o programa “Dentista na Escola” é uma das metas do plano de governo que está sendo cumprida e espera, em curto prazo, lançar o programa o “Um novo Sorrir” e reestrutura o “Sorriso do Amanhã”.

“Pretendemos viabilizar outros dois projetos o ‘Um novo sorrir’ que é o serviço de ortodontia interceptiva, para alunos da rede municipal de ensino, através do programa Brasil sorridente do Governo Federal e o ‘Sorriso do Amanhã’ que hoje realiza atendimentos odontológicos em creches (que atendam crianças de até quatro anos) mas queremos ampliar para as unidades com acompanhamento às gestantes para orientar sobre a importância da escovação correta e os hábitos de higiene oral desde o período pré-natal”, anuncia Bernardo Rossi.

Uma dentista realizará os procedimentos básicos na unidade móvel, os casos mais complexos, como tratamento de canal e cirurgias, além de tratamento de pacientes com necessidades especiais serão encaminhados para os Centros de Especialidade Odontológica, Unidades Básicas de Saúde ou as unidades com Estratégia de Saúde da Família.

“Os atendimentos em Saúde Bucal vêm crescendo ao longo da nossa gestão e a expectativa é ampliar ainda mais o acesso. A dentista estará na unidade móvel de 7h30 às 16h30, de segunda a sexta-feira. Estamos organizando um plano de ação junto à direção da escola para realizarmos atendimentos para a comunidade aos sábados o que nos trará uma cobertura importante do serviço odontológico na região”, avalia o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

Saúde bucal da criança: 1.639 atendimentos em 2017
A referência para atendimentos odontológicos infantis é o Centro de Saúde que em 2017 realizou 878 atendimentos. Ocorreram ainda 761 ações do Programa Saúde na Escola com iniciativas de prevenção e cuidados da saúde bucal das crianças. A secretária de Educação interina, Samea Ázara, reforça que o “Dentista na Escola” será uma ação importante do PSE que neste ano beneficiará 10.112 estudantes de 56 unidades escolares do município. O programa do Ministério da Saúde prevê 12 ações que visam o cuidado e a educação integral para melhoria da saúde dos alunos.

“A proposta da unidade móvel é ampliar o acesso dos estudantes ao tratamento dentário como parte do programa Dentista na Escola que será um facilitador para as crianças que moram em áreas de difícil acesso ou mais distantes das unidades que oferecem o serviço. A Secretaria de Saúde e de Educação estão atuando integradas para que juntas possam melhorar a qualidade de vida e saúde das crianças da rede pública de ensino”, afirma Samea Ázara.

“A expectativa deste projeto é ampliar e garantir o acesso ao tratamento odontológico aos estudantes com maiores dificuldades de acesso promovendo a integração com outros programas como o programa saúde na escola (PSE) e o programa de saúde bucal nas escolas que atua em ações de prevenção garantindo a integralidade das ações contribuindo para a melhoria da saúde bucal desta parcela da população” reitera Paulo Galvão, diretor do Departamento de Saúde Bucal.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Divulgação / Ascom PMP