Equipes da Secretaria de Obras deram início à construção de uma via alternativa no Atílio Marotti na manhã desta sexta-feira (09.11). O local será utilizado por pedestres e veículos leves, garantindo o acesso dos moradores até a parte mais alta da comunidade. Um caminhão e uma retroescavadeira estão sendo utilizados e seis funcionários estão mobilizados para concluir o trabalho o quanto antes. A previsão é que até o início da próxima semana o local possa ser utilizado.

“A ideia é que a via alternativa atenda o quanto antes os moradores. O trabalho depende das condições do tempo, mas com nossas equipes mobilizadas, para que o trabalho seja concluído o mais breve possível”, afirma  o prefeito Bernardo Rossi.

As intervenções foram autorizadas pelo dono do terreno, Luiz Antônio Domard, de 68 anos. Ele esteve no local nesta sexta acompanhando o trabalho realizado. “Desde os meus cinco anos eu vivo no Atílio Marotti. Minha preocupação é com os moradores das partes mais altas, que podem ter algum tipo de emergência. Neste momento, prevalece o espírito de solidariedade”, disse.

A prefeitura mantém uma estrutura com a Secretaria de Obras, Comdep, CPTrans, Defesa Civil, Guarda Civil, Assistência Social e Águas do Imperador baseada no Atílio Marotti, oferecendo todo o suporte necessário aos moradores. O trabalho de retirada dos escombros vai acontecer após o término da via alternativa.

“Precisamos garantir o acesso dos moradores até a parte mais alta da comunidade. Após a conclusão da via, a empresa responsável vai começar as intervenções necessárias, de forma cautelosa, já que o terreno permanece com água acumulada”, afirma o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Desde ontem, a Rua Atílio Marotti está interditada para passagem de veículos. O ônibus está fazendo parada no acesso à rua, na Av. Barão do Rio Branco. De lá, os passageiros são levados em uma Kombi até o local interditado. De lá, é feita baldeação até duas vans que fazem o transporte dos moradores até a parte mais alta da comunidade. CPTrans e Guarda Civil estão mantendo agentes para orientar trânsito e controlar o acesso.

A Comdep mantém três tendas que servem de apoio para equipes da Assistência Social, que ficará no local para dar suporte aos moradores, assim como da Secretaria de Saúde. Três coletoras ao lado dessas barracas para os moradores fazerem o descarte de lixo, que sendo feita de forma alternativa. O abastecimento de água da comunidade segue regular.

Chuva da madrugada desta sexta-feira

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias não registrou nenhuma ocorrência nesta madrugada em virtude da chuva no município. O órgão permanece em estágio de atenção, já que a previsão é de chuva para hoje. Todos os 55 agentes permanecem de plantão 24h para atender os moradores.

Em virtude da chuva contínua na cidade, a Defesa Civil reforça a importância de a população permanecer atenta, por causa do acúmulo de água no solo. Em caso de qualquer sinal de instabilidade no imóvel ou terreno, o morador deve ligar para o telefone 199 e pedir uma vistoria preventiva à Defesa Civil. A ligação e o serviço são gratuitos.