A prefeitura e a Câmara Municipal definiram a criação de uma força tarefa com o objetivo de buscar ainda mais recursos para os museus e prédios históricos do município. Representantes da Turispetro e do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), responsáveis por alguns dos principais museus da cidade, além da Defesa Civil, se reuniram nesta quinta-feira (06.09) com a Comissão de Cultura e Turismo da Câmara Municipal para unir forças e manter a preservação do patrimônio da Cidade Imperial. Uma segunda reunião está agendada para o próximo dia 18, e serão convidados os representantes das 26 instituições que integram o Sistema Municipal de Museus, além do Iphan e o Inepac.

O encontro foi motivado pelo incêndio que devastou o Museu Histórico Nacional, no Rio. Em Petrópolis, anos de descaso fizeram com que a atual administração encontrasse alguns equipamentos do município abandonados. Em pouco mais de um ano e meio de governo, a prefeitura já conquistou cerca de R$ 4,2 milhões de verbas federais para reformas do Theatro D. Pedro, Palácio de Cristal e Museu Casa de Santos Dumont. Outros imóveis também vão passar por melhorias com recursos próprios, como para a reforma do telhado do Centro de Cultura Raul de Leoni.

“Temos que andar juntos. Apesar de, com essa tragédia, o tema ter ficado em evidência, a preservação do patrimônio histórico é uma pauta diária da cultura. A grande lição que fica é como as pessoas enxergam nosso patrimônio no dia-a-dia. E a Câmara pode nos ajudar muito nas ações de preservação”, destaca o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo, lembrando que o município também está pleiteando junto ao BNDES reformas gerais para o Centro de Cultura e Palácio Sérgio Fadel, com projetos já prontos, além da revitalização dos jardins em frente à Câmara.

Um calendário de trabalho deverá ser montado agora para discutir a situação dos prédios históricos e museus, incluindo os particulares. Segundo o vereador Antônio Brito, presidente da Comissão, a ideia é unir forças para uma articulação política que traga recursos para a cidade através de emendas parlamentares. “Começamos essa primeira reunião com a prefeitura, mas vamos convocar outras, com a participação de todas as instituições. Queremos nos aproximar e entender os problemas, para que possamos trabalhar em conjunto”, explica.

Também participaram da reunião, o vereador Justino, integrante da   Cultura e Turismo da Câmara; o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz; o diretor-presidente do InpasFernando Fortes, além de outros representantes da Turispetro e do IMCE.