Jabuti Tinga

Prefeitura de Petrópolis apresenta Programa Municipal de Educação Ambiental para profissionais de ensino

O objetivo do programa é garantir o ensinamento continuado do assunto nas escolas, buscando promover hábitos de produção e de consumo em sintonia o ecossistema de Petrópolis.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente, promove na próxima segunda-feira (9) uma apresentação on-line sobre o Programa Municipal de Educação Ambiental (ProMEA) para profissionais de ensino da rede municipal. A ideia é que as equipes gestoras, professores, educadores e orientadores conheçam o plano de desenvolvimento do ProMEA nas escolas. O objetivo do programa é garantir o ensinamento continuado do assunto nas escolas, buscando promover hábitos de produção e de consumo em sintonia o ecossistema de Petrópolis.

“A atuação dos professores em sala de aula permite fomentar a educação ambiental”, ressalta o prefeito interino Hingo Hammes, que sancionou em março a lei que criou a comissão de elaboração do ProMEA. “Além desse trabalho nas escolas, temos outros três eixos, que são o ProMEA Comunidade, Administração Pública e Unidade de Conservação”, explica Anderson Campos, assessor de Educação Ambiental e Parques da secretaria de Meio Ambiente.

“Essa parceria entre secretarias fortalece a multidisciplinaridade, onde temas diversos podem ser tratados de formas diferentes em cada aula, auxiliando a aprendizagem e despertando a atenção dos alunos. Outro ponto positivo é a formação continuada dos servidores. Agradeço a atenção e disponibilização da Secretaria de Meio Ambiente”, ressalta Marcia Palma, secretária de Educação.

No início desse ano, o prefeito interino Hingo Hammes também foi o responsável por sancionar a lei criando o Fundo Municipal de Conservação Ambiental (FMCA), um passo importante para garantir mais recursos para a área de meio ambiente no município. “Com todos esses avanços, vamos melhorar nossa classificação e aumentar a arrecadação do município”, garantiu Hammes.

“É sempre importante ressaltar a participação do Conselho do Meio Ambiente nessas novidades. Esse trabalho em conjunto vai trazer outras novidades no futuro, como a atualização do código ambiental, por exemplo”, lembra Edmardo Campbell, secretário de Meio Ambiente.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.