A Prefeitura de Diadema informa que usuários que utilizam a gratuidade no transporte coletivo municipal de Diadema vão contar com o sistema de Identificação da Biometria Facial a partir deste final de semana, 1 e 2/9.

Para a segurança dos passageiros, a utilização indevida dos cartões Escolar, Sênior e Bolsa Transporte agora é identificada na catraca, pela biometria facial. Em caso de irregularidade, o cartão é bloqueado.

“Os cartões são pessoais e intransferíveis. No caso de passageiros deficientes que estão com acompanhantes, é importante ressaltar que será apenas um cartão para os dois, e sempre o deficiente físico deve passar primeiro na catraca”, orientou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania recadastrou 6.400 usuários do transporte coletivo da cidade que têm direito da viagem de graça, entre eles usuários aposentados, pensionistas, deficientes físicos e acompanhantes, idosos. Todos os ônibus estão com cartazes informativos.

A frota municipal, que é operada pelas empresas Mobi Brasil e Benfica, já está 100% adaptada ao novo sistema, mais moderno e eficiente com objetivo de evitar fraudes.

Como Funciona – Assim que o usuário aproxima o cartão do validador, seu rosto é fotografado. As imagens captadas são comparadas automaticamente com as já cadastradas. Analisando aproximadamente 500 pontos do rosto, o sistema identifica se você é o titular do cartão. O sistema é muito preciso, mas, em caso de dúvida, uma verificação será feita pelos profissionais que operam o sistema. Caso haja irregularidade, o cartão será bloqueado e será aberto processo administrativo.

Fonte: Prefeitura de Diadema

Crédito da foto: Divulgação/Transurc