Prefeitura assina contrato com nova empresa de iluminação pública, com valor 30% mais baixo do que o anterior

O novo contrato será de R$ 4,6 milhões anuais pela prestação do serviço, quase R$ 2 milhões a menos do que o anterior, que custava ao município R$ 6,5 milhões.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Foi encerrado nesta semana o processo licitatório para contratação da nova empresa de iluminação pública do município: o contrato, com valor 30% mais baixo do que o anterior, já foi homologado e será assinado na próxima semana. Além do serviço de manutenção, haverá expansão do trabalho de eficientização com luminárias de LED por toda a cidade.

O novo contrato será de R$ 4,6 milhões anuais pela prestação do serviço, quase R$ 2 milhões a menos do que o anterior, que custava ao município R$ 6,5 milhões. “O trabalho de eficientização energética em LED vai continuar e com volume de instalações até 30% maior do que previa o contrato anterior. O LED tem sido uma importante ferramenta para gerar mais segurança nas ruas da cidade, além da economia, por ser uma lâmpada que consome menos energia e ilumina melhor”, detalha o prefeito interino Hingo Hammes.

A economia aos cofres público foi garantida com ampla concorrência: 16 empresas participaram do processo. A vencedora foi a Vasconcelos e Santos LTDA. “Cumprimos todos prazos legais, aguardando inclusive os prazos para recurso, além da análise de exequibilidade da proposta apresentada pela empresa vencedora ao município. Essa mesma empresa tem contrato com a prefeitura de Maceió e Recife, por exemplo, com valores muito próximos aos que foram apresentados à Petrópolis”, informou a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP (pasta que faz a gestão do Departamento de Iluminação Pública), Karin Bronzo.

Além de mais barato para os cofres públicos, o novo contrato prevê a melhoria na prestação do serviço. “Um dos fatores fundamentais desse novo contrato é o aumento do número de equipes em relação ao contrato anterior. Nós vamos ter mais equipes trabalhando, em três turnos ininterruptos. Ou seja, manutenção 24 horas por dia, equipes de plantão nos fins de semana. Teremos mais celeridade no atendimento à população, com redução do tempo de espera nas demandas de iluminação pública”, destaca Eduardo Félix, chefe da Seção de Controle da Iluminação Pública, que atuou como fiscal do contrato de manutenção de iluminação pública.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.