Divulgação / Ascom PMP

Prefeito se reúne com taxistas para discutir regulamentação de aplicativos de transporte individual

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O prefeito Bernardo Rossi recebeu nesta quinta-feira (05.07) um grupo de taxistas para discutir a regulamentação de aplicativos para o transporte individual de passageiros. O encontro foi realizado na sede da prefeitura e contou também com equipe técnica e jurídica da CPTrans explicando os trâmites da regulamentação à categoria. Em processo avançado, a minuta do projeto de lei foi apresentada aos taxistas.

O processo para a regulamentação já estava em andamento, quando uma legislação federal entrou em vigor e todo o processo para a regularizar, no município, teve que ser novamente realizado, passando por todos os trâmites legais necessários a este tipo de legislação.
“Precisamos garantir a competitividade de maneira adequada, bem como criar mecanismos para fiscalizar quem realiza, no município, o transporte de passageiros. Para isso a lei está sendo criada, obedecendo todos os trâmites legais necessários”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

A reivindicação dos taxistas ocorre porque a categoria que trabalha com os aplicativos não integra o sistema legalmente, não pagam tributos e não são respaldados pelo poder público. A solicitação é que, assim como os profissionais que utilizam o táxi, os motoristas de aplicativos também sejam fiscalizados e paguem impostos ao município.

“O assunto será discutido no Comutran e no Conselho Revisor do Plano Diretor, bem como passará pelas secretarias que têm relação direta com a mobilidade urbana além da CPTrans, como o Planejamento e Serviços, Segurança e Ordem Pública. A partir daí, com todos os pareceres dando respaldo à lei, ela será encaminhada à Câmara dos Vereadores para aprovação”, explica o diretor-presidente da Companhia, Jairo Cunha.

Para o vice-presidente da Associação dos Taxistas de Petrópolis, Evandro José de Oliveira, o apoio do prefeito Bernardo Rossi ao agilizar a regulamentação é fundamental. “Isso dará o respaldo que o município precisa para realizar a fiscalização ao mesmo tempo que torna o trabalho mais competitivo com o nosso”, destacou.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Divulgação / Ascom PMP

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.