Foto: Divulgação/PMP

Prefeito se reúne com empresários da 13 de Maio para discutir a implantação do Corredor Cultural na região

Um grupo de trabalho foi formado e a intenção é que os encontros aconteçam agora quinzenalmente.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O prefeito Rubens Bomtempo e a secretária chefe de Gabinete, Luciane Bomtempo se reuniram nesta segunda-feira (2) com o vereador Yuri Moura, secretários municipais e empresários da Rua 13 de Maio, no Centro da Cidade, para discutir uma agenda positiva para a região e a implantação de um Corredor Cultural. Um grupo de trabalho foi formado e a intenção é que os encontros aconteçam agora quinzenalmente.

“O importante é termos um planejamento e estabelecer metas para atender as demandas. Estamos abertos ao diálogo e nessa construção de uma agenda positiva que vai envolver várias secretarias. Estamos prontos para contribuir neste projeto e colocarmos esse debate em pauta”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

Participaram do encontro a presidente do Instituto Municipal de Cultura (IMC) Diana Iliescu, o diretor presidente da Comdep, Leonardo França; além dos secretários de Administração Ramon Mello e o coordenador de políticas públicas para a Juventude Jean Marques. “Esses encontros quinzenais junto com a Comdep, a Cultura e a CPTrans são importantes para darmos andamento aos projetos. Petrópolis precisa se desenvolver economicamente por meio de outros setores e o turismo é um deles”, ressaltou o vereador Yuri Moura.

O empresário Augusto Pellegrini apresentou o projeto de implantação do Corredor Cultural que conta com intervenções urbanísticas e de segurança. Entre as ações estão a instalação de câmera integrada ao sistema da Prefeitura, melhorias na iluminação pública, padronização das calçadas, colocação de gradis nos locais onde funcionam os rotativos, instalação de jardineiras e a extensão do Circuito de Esporte e Lazer para a Rua 13 de Maio aos domingos.

“A desordem urbana, principalmente às sextas-feiras, espanta os nossos clientes além de prejudicar os moradores. Ficamos felizes em saber que as portas estão abertas e o poder público está disposto a contribuir com o projeto. A Rua 13 de Maio gera 130 empregos diretos e a nossa intenção é garantir um local de diversão seguro e tirar essa impressão negativa”, comentou Augusto.

Entre as sugestões apresentadas pela Prefeitura está a realização de eventos culturais gratuitos em outros pontos do Centro Histórico; mudanças nos horários da limpeza urbana e a instalação de mais coletoras; campanhas de conscientização para deixar a rua mais limpa; coleta seletiva; entre outras. “Vimos que a política de repressão não é o caminho e o que precisamos é criar políticas públicas mais estruturantes e que falem diretamente com a juventude”, disse Jean Marques.

A presidente do Instituto Municipal de Cultura, Diana Iliescu também falou sobre a reabertura do Centro de Cultura como forma de envolvimento dos jovens. “Encontramos o Centro de Cultura com problemas graves, como os banheiros em estados deploráveis e o cinema fechado desde 2018. Estamos fazendo os reparos necessários para reabrir esse espaço que deve ser ocupado pelos jovens. Devemos oferecer mais opções de lazer e entretenimento para atrair essa juventude”, comentou Diana.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.