Prefeito interino Hingo Hammes anuncia retorno das obras no Palácio de Cristal no dia 29

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Em vistoria no Palácio de Cristal na tarde desta quinta-feira (18/03), o prefeito interino Hingo Hammes anunciou que as obras serão retomadas no dia 29. A Engeprat – que assumiu os trabalhos com a desistência da empresa vencedora da licitação – dará continuidade nas intervenções no banheiro e na portaria, além de ter confirmado a contratação de um arqueólogo. Esse profissional será o responsável por criar o projeto de Monitoramento e Resgate Arqueológico, que passará pela aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

“Anunciamos hoje o retorno das intervenções. Essa é uma obra muito aguardada pelos petropolitanos e também pelos visitantes. Desde o início do ano estamos lutando para essa retomada, já que o Palácio de Cristal é um dos grandes equipamentos turísticos existentes no nosso município”, explicou Hammes, que esteve acompanhado dos vereadores Domingos Galante (PSC), Yuri Moura (PSOL), Marcelo Chitão (PL), Maurinho Branco (DEM) e Marcelo Lessa (PSD) e Mauro Peralta (PRTB).

Segundo Frederico Araújo, coordenador da diretoria técnica do Iphan na Região Serrana, a contratação do arqueólogo é um passo fundamental para que a obra do Palácio de Cristal seja concluída. Ele também participou da vistoria. “A retomada das intervenções, em paralelo a contratação do arqueólogo, demonstra o interesse da prefeitura em dar continuidade e celeridade nas obras. A entrega do projeto de Monitoramento e Resgate Arqueológico desamarra muita coisa”, disse Frederico.

Também presente na vistoria, o secretário de Obras, Maurício Veiga, explicou que ainda não há prazo para o término dos trabalhos. “Isso depende de diversos fatores, como a questão climática, da aprovação do projeto de Monitoramento e Resgate Arqueológico no IPHAN, entre outros. Mas a retomada e a contratação do arqueólogo são avanços muito importantes neste momento”, destacou.  

Instalado na antiga Praça da Confluência, chamada pelos colonos alemães de Praça Koblenz, esse patrimônio do município, cuja estrutura pré-moldada veio da França, inspirado no Palácio de Cristal de Londres. Foi encomendado pelo Conde d’Eu, marido da Princesa Isabel, para receber exposições de flores, hortícolas e de pássaros. O local não passa por uma grande reforma há mais de 20 anos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.