Foto: Divulgação/ASCOM

Prefeito Hingo Hammes entrega documento de doação de terreno para a Feirinha de Itaipava

O local gera cerca de dois mil empregos diretos e quase quatro mil indiretos, beneficiando mais de oito mil famílias petropolitanas.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma espera de mais de 12 anos chegou ao fim: o prefeito Hingo Hammes entregou, na tarde de hoje (28), o documento de doação de uma rua projetada – mas que nunca foi construída – no meio da Feirinha de Itaipava. A cessão do terreno para a Associação garante que o espaço continue sendo usado somente para as atividades comerciais e permite mais investimento em infraestrutura. O local gera cerca de dois mil empregos diretos e quase quatro mil indiretos, beneficiando mais de oito mil famílias petropolitanas.

“Fico muito feliz em entregar este documento para a Associação da Feirinha de Itaipava. É a concretização de um sonho de muitos anos, que abre o caminho para vários outros projetos. É uma ação que estimula o desenvolvimento econômico”, disse o prefeito Hingo Hammes.

Na Feirinha de Itaipava são 390 estandes, todos ocupados para atividades comerciais. Segundo Sérgio G-Tão, administrador da feirinha, foram mais de 12 anos lutando para que essa doação acontecesse. Dessa maneira, será possível, entre outros projetos, a construção de um Centro de Convenções, um desejo antigo dos empresários da região.

“Antes da compra, em 1991, o terreno da Feirinha era dividido em lotes. No meio desses lotes existia uma rua, que nunca foi construída. Desde que fui eleito administrador em 2007, luto para que essa parte do terreno fosse doada para a associação. Agora, sim, podemos pensar em novos investimentos, como o Centro de Convenções, garantindo cada vez mais público para cá”, disse G-tão.

Segundo o secretário de Turismo, Samir El Ghaoui, a doação possibilitará a execução de um antigo projeto da Associação Feirinha de Itaipava, que é a criação de um grande centro de convenções, que vai ajudar muito na recuperação do setor de eventos no município. “Todo projeto que possa contribuir para o desenvolvimento econômico da região e movimentar a cadeia produtiva do turismo é sempre bem-vindo. Essa doação certamente renderá dividendos positivos para os lojistas do espaço comercial, que é tão importante nos distritos, e também de forma indireta para os setores da hotelaria, gastronomia, comércio e serviços”, destaca.

O terreno onde funciona a Feirinha de Itaipava era chamado de “Loteamento Vilar do Carmo” antes de ser adquirido pela Associação. A chamada “Rua B” fica exatamente no meio do local. O espaço foi planejado como via, mas nunca foi utilizado com esse fim, nem recebeu as características necessárias para isso. Agora, oficialmente, o terreno pertence a feirinha.

“A prefeitura está resolvendo um pleito antigo da feirinha de Itaipava para dar mais tranquilidade aos comerciantes que atraem grande público da cidade e também de turistas”, completa Marcelo Soares, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Também estiveram presentes na entrega do documento de doação para a Associação da Feirinha de Itaipava, secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares; chefe de gabinete, Fábio Junior; o controlado geral do município, Alex Christ; e o procurador do município, Fábio Alves e os vereadores Luiz Eduardo Francisco da Silva (Dudu), Maurinho Branco, Marcelo Lessa e Gil Magno.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.