Prefeito Bernardo Rossi e vice-prefeito Baninho vão a São Paulo negociar intenção de compra de vacinas da COVID-19

Reunião, realizada no Instituto Butantan, pretende viabilizar mais 200 mil doses para Petrópolis. Prefeito busca soluções rápidas com o objetivo de imunizar todos os petropolitanos

O prefeito Bernardo Rossi e o vice-prefeito Baninho estiveram, nesta quinta-feira (17), no Instituto Butantan, em São Paulo, para uma reunião de entendimento entre o instituto e a prefeitura de Petrópolis visando facilitar a negociação de 200 mil doses da vacina para o município. Na reunião, o prefeito assinou a intenção de compra das vacinas e deixou claro que o objetivo é aumentar a cobertura relativa à quantidade de doses e imunizar toda a população. Na última semana, a prefeitura já havia enviado um ofício ao Governo Federal pedindo prioridade no envio de vacinas.

“Fomos muito bem recebidos no Instituto Butantan e saímos de São Paulo com uma boa notícia. Assinamos a intenção de compra das doses da vacina e estreitamos os laços entre o município e uma das mais importantes instituições de saúde do mundo. Com muita responsabilidade tenho a certeza de que Petrópolis vai sair da pandemia fortalecida. Mais uma vez, saímos na frente no combate à pandemia”, afirmou o prefeito.

Estiveram presentes na reunião a secretária de saúde do município, Fabíola Heck, a diretora do Núcleo de Epidemiologia de Petrópolis, Elisabeth Wildberger, o médico infectologista José Henrique Castrioto e o secretário de administração e recursos humanos, Marcus Von Seehausen.

“Agradecemos em nome do Instituto Butantan pelo interesse de Petrópolis na aquisição das vacinas contra a COVID-19. Ficamos felizes ao percebermos a postura institucional da cidade e da responsabilidade da prefeitura com sua população”, afirmou o Diretor de Estratégia Institucional do Instituto Butantan, Raul Machado Neto.

Recentemente, o Instituto Butantan firmou parceria com o laboratório Sinovac Biotech para o desenvolvimento da vacina chamada de CoronaVac. O Butantan já começou a produzir a vacina e, de acordo com estimativas do instituto, a fábrica deverá ter, gradativamente, até 1 milhão de doses por dia. O imunizante também foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser usado no Brasil. A expectativa é de que os resultados da fase 3, e a eficácia da vacina, sejam divulgados já na próxima semana.

Prefeito anuncia retomada dos testes em massa na cidade a partir desta sexta-feira

O anúncio foi feito pelo prefeito Bernardo Rossi no início da tarde desta quinta-feira. Amanhã, sexta-feira (18), as ações estarão na Escola Paroquial Bom Jesus, no Thouzet, e na Matriz de Cascatinha, a partir das 09h. Nos locais, uma equipe fixa e uma volante (de casa em casa) realizarão os testes na população. Os resultados serão entregues em 15 minutos. Os testes foram temporariamente suspensos durante esta semana para que a Secretaria de Saúde pudesse levantar dados importantes ao monitoramento da doença na cidade.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também