Prefeito anuncia aumento de salário dos servidores da Saúde

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Salários aumentam entre 10% a 21% com enquadramento de 10 anos de serviço

O prefeito anunciou nesta terça-feira (26.06), o reajuste de 10% a 21% nos salários de 438 servidores da Saúde. O aumento será aplicado já nos pagamentos do mês de março que serão quitados na sexta-feira (29.03). A medida é referente ao enquadramento funcional que não era regularizado desde 2014. Com isso, a prefeitura quita um débito da gestão passada com os servidores da Saúde. O benefício é adquirido por tempo de serviço. A cada 10 anos os profissionais devem receber a ascensão dos cargos e consequentemente, aumento dos vencimentos. A estimativa é de que R$ 160 mil a mais por mês sejam direcionados para a folha de pagamento da área de Saúde.

A medida requalifica os profissionais com 10 anos na mesma categoria. Os servidores enquadrados na categoria ‘Júnior’ com tempo de serviço comprovado, recebem a ascensão para ‘Pleno’ e consequentemente, o profissional há 10 anos na classificação de ‘Pleno’, passa a ‘Sênior’. Os servidores que estão com enquadramento atrasado podem passar de Júnior a Sênior. A medida cumpre a Lei Municipal nº 5.169 de 10, de janeiro de 1995 que aprova o enquadramento e progressão de categoria.

 “Estamos quitando uma dívida deixada pelo governo passado e reclassificando os servidores aos níveis que são de direito. Essa é mais uma vitória para o nosso governo. Já colocamos em dia o triênio, a licença prêmio e estamos pagando as férias em dia. Estamos vencendo a crise”, destaca o prefeito Bernardo Rossi, que formalizou o enquadramento dos servidores da Saúde em reunião no gabinete da prefeitura na tarde dessa terça-feira (26.03).

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Oswaldo Magalhães, comemorou a iniciativa do governo. “Resgatar o passado, corrigindo o que estava defasado é essencial e com o governo assinalando desta forma podemos pensar no futuro. Isto é um trabalho de gestão com resultado efetivo”.

Os reajustes podem variar de R$ 150 a R$ 750 a depender do nível e enquadramento de cada servidor. Um técnico de enfermagem júnior, com vencimento de R$1.595,96, pode, por exemplo, ter cerca de R$ 330 de acréscimo se enquadrado no nível sênior. Um enfermeiro júnior, de 40 horas que recebe R$ 3.599,64 pode passar a ter um salário de R$ 4. 355,56 se reclassificado como sênior.

O reajuste de 10% será aplicado nos salários dos servidores que vão de R$ 1.200,00 a R$ 10 mil. A readequação é feita já considerando o novo nível dos profissionais. Todos os servidores que apresentaram a solicitação para o enquadramento serão beneficiados. Todos as petições passaram por avaliação da comissão de enquadramento funcional que certifica se os requerimentos possuem validade.

“É o reconhecimento da categoria, muitos servidores aguardam anos por esse enquadramento, que é um reajuste salarial de direito que agora volta a ser regularizado”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck. O reajuste salarial cobre as atividades exercidas por profissionais do operacional, administrativo e os de saúde. Serão quitados os enquadramentos de 2014 a fevereiro de 2019.

Também estiveram presentes na reunião o vice-prefeito Baninho; o secretário de Administração e Recursos Humanos Marcus Wilson von Seehausen; o secretário chefe de Gabinete, Renan Campos e a secretária de Fazenda, Elaine Cristina do Nascimento, além dos  vereadores Justino no RX e Silmar Fortes.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.